FANDOM


Este artigo é sobre o episódio da série de TV. Para informações sobre seus homólogos, e personagens de mesmo nome, você pode procurar por Made to Suffer o volume dos quadrinhos.
Made to Suffer

Episode-8-michonne-andrea.jpg
Episódio 27, N° 08 da 3ª Temporada.
Escrito por: Robert Kirkman
Direção de: Billy Gierhart
Exibição Original: 02 de Dezembro de 2012 (AMC)
04 de Dezembro de 2012 (Fox)
Audiência: 10,50 milhões[1]
Elenco
Estrelando
Andrew Lincoln como Rick Grimes
Sarah Wayne Callies como Lori Grimes*
Laurie Holden como Andrea
Norman Reedus como Daryl Dixon
Steven Yeun como Glenn Rhee
Lauren Cohan como Maggie Greene
Chandler Riggs como Carl Grimes
Danai Gurira como Michonne
Michael Rooker como Merle Dixon
David Morrissey como O Governador
*não aparece no episódio
Cronologia
← Episódio Anterior
"When The Dead Come Knocking"
Episódio Seguinte →
"The Suicide King"

Made to Suffer (em português: Feitos para Sofrer) é o vigésimo sétimo episódio de The Walking Dead, sendo o oitavo da terceira temporada. O episódio foi ao ar em 02 de Dezembro de 2012 pela AMC, e em 04 de Dezembro pela FOX. Ele também é o mind-season da temporada, sendo o último episódio da série em 2012.

SinopseEditar

Andrea toma uma decisão, enquanto o povo de Woodbury é largado em território inexplorado. Na prisão, surge uma nova ameaça. [2]

Grandes EventosEditar

EnredoEditar

No início do episódio, é vista mais uma vez a floresta da Georgia. Um grito de uma mulher é ouvido e uma zumbi é atraída pelo barulho. Rapidamente, ela é morta por um homem negro usando um gorro e um grande martelo. Ele mata mais zumbis e vai em direção ao grito.

O homem, Tyreese, é capaz de encontrar sua irmã, Sasha. Ele comenta que viu uma torre. Os dois continuam seguindo os gritos e chegam até uma clareira onde está uma família de sobreviventes: Allen, sua mulher Donna e seu filho Ben. Tyreese e Sasha matam os zumbis e o grupo segue caminho, mas Donna é mordida no braço.

Allen tenta cuidar da esposa. O grupo encontra um muro quebrado, e decide entrar no local. Sasha comenta que Donna vai morrer e que só irá atrasá-los. Tyreese diz que Ben precisa da mãe por mais um tempo. A irmã do homem relutantemente concorda e os cinco entram no muro. A câmera abre, mostrando que eles estão na Prisão.

Longe dali, em Woodbury, Andrea é vista se arrumando em seu quarto. O Governador se aproxima e a agarra suavemente. Andrea comenta que quer ajudar Milton a cremar o corpo do Sr. Coleman. “Tá gostando de Woodbury?”, pergunta o Governador. Os dois se beijam. Andrea se afasta e o Governador mantém sadismo no rosto.

O vilão vai para sua sala secreta. Lá, ele aciona o rádio e toca uma música. Ele abre a grade de uma jaula e espera. Surge Penny, agora acorrentada pelo pescoço. O Governador volta a falar com sua filha como se ela fosse uma criança normal. Ele tira o capuz e a camisa de força, e a impede de mordê-lo. Segurando-a, o Governador tenta estabelecer algum diálogo racional, cantando uma canção de ninar, mas Penny fica mais interessada em uma tigela de carne crua, que está ao lado do Governador. O vilão pede para Penny olhar para ele. A criança zumbi, obviamente, não o faz. O Governador grita “Olha pra mim!”, e, irritado, coloca novamente a camisa de força e o capuz em Penny. Em seguida ele volta a trancafiá-la na jaula.

Perto dali, Glenn e Maggie estão sentados, à espera do que vai acontecer. Maggie, usando a camisa de Glenn, está emocionada. O coreano pergunta: “Ele chegou a...”, questionando se o Governador estuprou Maggie. “Não, ele não tocou em mim. Eu juro!”, diz Maggie. “Esquecemos o que os humanos fazem. O que eles sempre fazem”. Glenn não parece se preocupar com seus ferimentos. Ele e Maggie se abraçam. O coreano observa o cadáver de um zumbi perto dali. Glenn, com dificuldade, arranca um dos braços do morto-vivo e retira pedaços de ossos. Maggie pega um dos fragmentos para usar como arma.

Nos portões de Woodbury, Rick, Daryl, Oscar e Michonne estão à espreita. Eles conversam e acham que não vão entrar na cidade, não com tantos guardas armados. Michonne se afasta do grupo mesmo com os protestos de Rick. Ela encontra uma brecha no muro. Os quatro se infiltram em Woodbury.

Eles andam pelas ruas da cidade, e entram em uma casa. A porta se abre, e um morador diz que os viu entrando e pede para eles aparecerem. Rick, escondido, surge com uma arma em punho, empurra o homem contra a parede e manda ele dizer onde estão Glenn e Maggie. O homem não é capaz de dizer nada, por não saber do lado oculto do Governador e ser um simples morador da cidade. Ele é amarrado e amordaçado.

O Governador conversa com Merle. Ele pergunta o que será feito na Prisão, ao que o Governador responde que os moradores do local serão mortos assim como os membros da Guarda Nacional. O Governador ainda diz que Daryl será o espião deles entre o grupo. “Não é pra tocar no Daryl”, diz Merle. O Governador assente. Merle pergunta sobre Glenn e Maggie. O Governador diz que Andrea não pode saber sobre eles, e que é para matá-los o mais rápido possível.

Na Prisão, Axel está conversando com Beth. Ele pergunta sua idade. “17 anos. Interessante...”, comenta o prisioneiro ao ouvir a resposta da garota. Carl surge, de braços cruzados e visivelmente irritado. Carol surge e diz que tem que conversar com Axel. “Eu já volto”, diz Axel para Beth.

Carol, perto dali, repreende Axel por tentar flertar com Beth. Axel tenta se defender, dizendo que não há mulheres disponíveis, já que Carol seria lésbica (o que o levou a pensar isso foi o cabelo da mulher). Carol deixa claro que não é homossexual. “Interessante”, responde Axel, tentando flertar com Carol, que o ignora.

Em outro local da cidade, Merle e seus homens entram na sala onde estão Glenn e Maggie. Os dois lutam, com Glenn tentando subjugar Merle. Maggie enfia o fragmento de osso no pescoço de Warren, matando-o. Antes de morrer, o soldado de Woodbury atira com sua arma, o que atrai Rick, Daryl, Oscar e Michonne. Merle imobiliza Glenn com a baioneta, mas Maggie mantém a arma de Warren em punho, e manda ele soltar o coreano. A situação se inverte quando Martinez e seus homens surgem e imobilizam Maggie.

Em Woodbury, Glenn e Maggie ficam ajoelhados, lado a lado. São colocados capuzes neles e Merle anuncia suas mortes. Paralelamente, Rick e seu grupo se aproximam. Os dois percebem a situação. Daryl joga várias granadas de gás lacrimogêneo e um tiroteio se forma. Glenn e Maggie são resgatados com sucesso. O grupo, entretanto, fica acuado.

O Governador ouve o que aconteceu. Ele, Merle, Martinez, Milton e Andrea se reúnem. Andrea pede para participar da luta contra os invasores, não sabendo quem de fato eles são. O Governador diz que não. Andrea insiste, mas aceita a resolução do Governador. O vilão ordena a Merle comandar os homens para caçarem os invasores. Ele ainda diz que se deve atirar para matar.

Enquanto isso, Rick, Glenn, Daryl, Oscar, Michonne e Maggie ficam dentro de uma casa. Michonne sai discretamente, irritando os outros. Oscar acha que ela os levou para uma armadilha. Rick verifica a extensão dos ferimentos de Glenn, e diz que há um carro a alguns quilômetros dali.

Glenn revela a Daryl que quem fez aquilo foi Merle. “Pera aí, então o meu irmão é o tal Governador?”, pergunta Daryl. Maggie explica que não. Daryl quer voltar e procurar seu irmão, e diz que vai falar com ele sobre o que aconteceu. Rick diz que Daryl não vai fazer isso. Ele explica que Glenn mal pode andar e que o grupo precisa dele para voltar à Prisão. “Estamos em território hostil”, diz o policial. Daryl concorda com os argumentos, dizendo que está com Rick.

Daryl lança granadas de gás lacrimogêneo O grupo sai da casa e se esconde, sendo quase alvejado por múltiplos disparos. Enquanto isso, Michonne se dirige ao apartamento do Governador, e lá permanece, esperando o momento de matar o líder de Woodbury.

Na Prisão, Hershel se aproxima de Carl e Beth, e diz que conseguiu colocar Judith para dormir. Carl diz que ele e Carol vão buscar mais fórmula para o bebê daqui a alguns dias. “Mas até lá o seu pai e os outros já vão ter voltado”, diz Beth. Triste, Carl acha que Judith é a única família que ele tem.

Os três escutam gritos femininos vindos de uma outra parte da Prisão. Hershel pensa ser Carol, mas Carl diz que ela está na torre de vigia com Axel. O garoto diz que vai checar o barulho. Hershel coloca sua muleta na frente. “Não posso deixar que você desça lá”. “O meu pai iria lá”, responde Carl. Diante destes argumentos, Hershel cede.

Carl investiga vários corredores escuros armado com uma pistola e um silenciador. Ele mata um zumbi e encontra Tyreese, Sasha e Ben matando os zumbis, enquanto Allen chora ao ver a eminente morte da esposa. Carl pede para o grupo segui-lo. Tyreese carrega Donna. Carl diz que eles têm de deixá-la ali.

“Nem pensar”, responde Tyreese. O grupo chega até uma sala segura. Allen e Ben observam que Donna está morta, e choram sua morte. Carl tenciona disparar na cabeça da mulher para impedir a reanimação. Tyreese diz que não, e que ele cuida disso. O homem saca seu martelo, enquanto Carl se afasta e Allen coloca um pano sobre a cabeça da esposa. Antes que Tyreese estraçalhe a cabeça da mulher, Carl tranca o grupo ali dentro.

Sasha reage veementemente e ordena Carl a abrir a porta. “Não posso”, responde o garoto, explicando que agora Tyreese, Sasha, Allen e Ben tem comida, água e abrigo. Hershel e Beth se aproximam. Sasha fica mais nervosa, mas Tyreese a acalma, dizendo que Carl “é o dono da casa” e que essa é a melhor situação que eles tiveram em “semanas”.

Em Woodbury, o grupo de Rick tenta escapar, matando os guardas dos muros e ocultando-se com o gás lacrimogêneo. Daryl fica para trás, a fim de parar o avanço dos soldados do Governador. Andrea vê Oscar e dispara, não acertando o homem no entanto. O Governador se aproxima e Andrea explica que viu um dos invasores com o macacão de prisioneiro. O Governador sai do local e manda Andrea sair da rua. Andrea o segue.

Perto dali, Michonne escuta um barulho vindo da sala secreta do Governador. Ela desembainha sua katana e entra no local, ficando horrorizada ao ver a coleção de cabeças nos aquários. Ela ouve Penny e abre a jaula. Assustada, Michonne conforta a garota, mas se assusta ao descobrir que ela é uma morta-viva. A mulher se prepara para matá-la.

É aí que surge o Governador, com arma em punho. Ele tenta negociar com Michonne, baixando a guarda e deixando a arma na mesa. “É a mim que você quer. (...) Ela não tem necessidade de sofrer”, ele diz. “Ela não tem necessidade de nada”, responde Michonne. “Por favor, não machuque minha filha”, pede o Governador. Michonne desobedece e enfia a katana em Penny pela parte posterior da cabeça, atravessando sua boca. O Governador dá um grito desumano e parte para cima da mulher.

Os dois se agarram, com Michonne levando a melhor e conseguindo bater no vilão. O Governador e Michonne caem no chão, onde a mulher pega a bainha da katana e tenta enforcar o vilão. O Governador é capaz de se soltar, mas leva um soco no estômago. Ele agarra Michonne, soca o rosto da mulher e a bate contra a parede, embora Michonne morda a mão do Governador. O vilão a agarra e bate sua cabeça contra alguns dos aquários de sua coleção, quebrando-os e fazendo cabeças de zumbis caírem no chão.

O Governador derruba Michonne e tenta aproximá-la dos zumbis para que estes a mordam, mas ela consegue se livrar. Com os dois no chão, Michonne tenta alcançar sua katana. O Governador a agarra. Na falta da arma, a mulher pega um caco de vidro remanescente de um dos aquários e o enfia no olho direito do Governador, fazendo-o gritar de dor e soltá-la.

Michonne pega sua katana e se levanta, pronta para matar o Governador, no entanto Andrea aparece com uma arma em punho. As duas se confrontam, e Michonne vira as costas e vai embora. Andrea se aproxima do Governador, mas este, chorando, se nega a receber ajuda e agarra o cadáver de Penny, lamentando sua morte.

Perto dali, o grupo de Rick está praticamente escapando de Woodbury. O policial olha para frente e vê a figura de Shane Walsh pronto para atirar. Rick se assusta e fica momentaneamente perturbado. Shane atira em Oscar, que morre. Rick mata Shane e se aproxima, percebendo que ele é apenas um guarda normal de Woodbury.

Maggie atira na cabeça de Oscar para impedir a reanimação. Ela e Rick fogem. Rick, Glenn e Maggie encontram Michonne. Rick a rende com a arma e pega sua katana. Michonne diz que Rick ainda precisa dela, para procurar Daryl ou voltar para a Prisão com Glenn. O policial parece convencido pelos argumentos da mulher.

Em Woodbury, o Governador está sob os cuidados da Dra. Stevens. O dano do caco de vidro foi tão profundo que ele perdeu a visão no olho esquerdo. A Dra. Stevens coloca-lhe um curativo no olho sustentado por uma faixa ao redor da cabeça do vilão. O Governador se levanta e manda Stevens sair da frente.

Andrea pede para a doutora deixá-la a sós com o Governador, e Stevens obedece. Andrea pergunta porque Michonne tentou matá-lo. “Me diga você”, diz o Governador. Andrea pergunta a razão das cabeças na sala secreta do Governador, e o homem responde que olhava para elas afim de encarar o mundo exterior. Andrea pergunta sobre Penny, e o vilão não é capaz de responder. Milton surge e pergunta como está o Governador. Quase ao mesmo tempo, Merle aparece e revela o que aconteceu. O Governador, ciente da traição de Merle sobre a morte de Michonne, lhe lança um olhar desafiador.

O Governador marca uma reunião para a Arena. Os moradores observam o líder de Woodbury e comentam seu ferimento. O Governador começa a discursar, falando que o medo voltou a imperar sobre eles, e que quem fez isso foram os ditos “terroristas”. O Governador diz que poderia dizer que todos estão seguros e a salvo. “Mas eu não posso. Por que eu estou com medo”, ele diz. O Governador diz que um dos terroristas “é um dos nossos”.

A população fica pensativa. “Merle! Um homem em quem eu confiava!”, grita o Governador. Todos ficam surpresos. Merle, que não esperava por isto, é desarmado pelos soldados do vilão e levado ao centro da arena. O Governador continua a lhe imputar acusações falsas. Chegam dois soldados transportando um prisioneiro com as mãos algemadas e um capuz. O Governador tira o capuz, e é revelado que o prisioneiro é Daryl. O vilão grita que o “terrorista” Daryl é o irmão de Merle, surpreendendo a todos. Os Dixon ficam novamente face a face. Andrea observa a tudo, surpresa.

O Governador pergunta o que ele deve fazer com os dois. A população grita para que eles morram. Daryl e Merle observam um ao outro, atônitos, enquanto o Governador mantém um sorriso sádico e a tela escurece, terminando o episódio.

Outros do ElencoEditar

Também EstrelandoEditar

ConvidadosEditar

Co-EstrelandoEditar

Participação EspecialEditar

Não CréditadosEditar

Imagens PromocionaisEditar

CuriosidadesEditar

  • Nos quadrinhos, a cena da vingança de Michonne foi muito mais violenta do que na série. Na HQ, Michonne torturou graficamente o Governador enquanto este estava amarrado e amordaçado. Na série, os dois tiveram uma luta corporal e para se defender Michonne esfaqueou-o no olho, sendo este o único dano causado ao O Governador na TV.
  • Nos quadrinhos, mais precisamente no final da Edição 33, Rick fica feliz ao ver que Michonne está de volta. Na série, ele pergunta severamente o que ela estava fazendo separada do grupo e ameaça matá-la.
    • Isto provavelmente se deve ao fato de que nos quadrinhos Michonne já era efetivamente um dos membros da Prisão, enquanto que na série Rick tinha quase que acabado de conhecê-la.
  • Nos quadrinhos, Allen, Donna e Ben á eram sobreviventes originais do acampamento, mas na série eles aparecem como parte de outro grupo de sobreviventes liderado por Tyreese e Sasha.
  • Nos quadrinhos, Ben tem um irmão gêmeo, Billy, embora na série ele seja filho único.
  • O título do episódio é uma referência clara ao nome do oitavo volume dos quadrinhos, chamado Made to Suffer.
    • Ele também tem conexão com as palavras do governador para tentar salvar sua filha de Michonne, que menciona que não havia necessidade de ferir Penny.
    • Refere-se também a grande dor do Governador pela morte de sua filha zumbificada, e dor de Allen e Ben por perderem Donna.
  • Este episódio serve como o mid-season finale da temporada.
  • Este episódio marca o surgimento da grande rivalidade entre Rick e do Governador.
  • Com este episódio Jon Bernthal retorna para encarnar Shane Walsh, pelo terceiro ano consecutivo.
  • Este episódio marca a primeira interação real entre os irmãos Dixon de entrar no vínculo fraternal entre eles na primeira temporada, embora os dois atores que personificam tinham interagido juntos por alucinações de Daryl no episódio Chupacabra.
  • Embora o título deste episódio coincide com o título do oitavo volume do comic, os eventos descritos são completamente diferentes e mantem mais correlação com os eventos do sexto volume "This Sorrowful Life":
    • Michonne é separada do Rick e seu grupo, enquanto escapar da cidade.
    • Michonne espera o governador, em seu apartamento para recolher sua vingança.
    • Penny é descoberto por Michonne.
    • O governador é mutilado por Michonne e perde um olho.
    • Rick, Glenn e Michonne escapam de Woodbury.
    • Uma nova ameaça surge na prisão (nos quadrinhos são caminhantes que invadem, na série de televisão é a chegada do grupo de Tyreese).
  • Algumas das situações apresentadas neste episódio contraste também invertido o que aconteceu no Volume 8 dos quadrinhos:
    • Nos quadrinhos, em Made to Suffer marca o fim de Tyreese, enquanto a série de TV é o episódio em que ele é introduzida.
    • Nos quadrinhos, durante os eventos deste volume é Rick que sofre uma tragédia de perder dois de seus entes queridos (Lori e Judith). Na série de TV, é o governador que sofre a perda de sua amada filha Penny.
    • No volume 8, a prisão é atacado pelo povo de Woodbury. Neste episódio, é os moradores da prisão que atacam Woodbury.
    • Nos quadrinhos, Andrea está do lado de Rick enquanto a TV está no lado do governador.

ReferênciasEditar

  1. Fonte tirada de Tv By The Numbers.com
  2. Sinopse Oficial da AMCtv.com
Episódios da série The Walking Dead
1ª Temporada "Days Gone Bye" • "Guts" • "Tell It to the Frogs" • "Vatos" • "Wildfire" • "TS-19"
2ª Temporada "What Lies Ahead" • "Bloodletting" • "Save the Last One" • "Cherokee Rose" • "Chupacabra" • "Secrets" • "Pretty Much Dead Already" • "Nebraska" • "Triggerfinger" • "18 Miles Out" • "Judge, Jury, Executioner" • "Better Angels" • "Beside the Dying Fire"
3ª Temporada "Seed" • "Sick" • "Walk With Me" • "Killer Within" • "Say The Word" • "Hounded" • "When The Dead Come Knocking" • "Made to Suffer" • "The Suicide King" • "Home" • "I Ain't A Judas" • "Clear" • "Arrow On The Doorpost" • "Prey" • "This Sorrowful Life" • "Welcome To The Tombs"
4ª Temporada "30 Days Without An Accident" • "Infected" • "Isolation" • "Indifference" • "Internment" • "Live Bait" • "Dead Weight" • "Too Far Gone" • "After" • "Inmates" • "Claimed" • "Still" • "Alone" • "The Grove" • "Us" • "A"
5ª Temporada "No Sanctuary" • "Strangers" • "Four Walls and a Roof" • "Slabtown" • "Self Help" • "Consumed" • "Crossed" • "Coda" • "What Happened And What's Going On" • "Them" • "The Distance" • "Remember" • "Forget" • "Spend" • "Try" • "Conquer"
6ª Temporada "First Time Again" • "JSS" • "Thank You" • "Here's Not Here" • "Now" • "Always Accountable" • "Heads Up" • "Start to Finish" • "No Way Out" • "The Next World" • "Knots Untie" • "Not Tomorrow Yet" • "The Same Boat" • "Twice as Far" • "East" • "Last Day On Earth"
7ª Temporada "The Day Will Come When You Won't Be" • "The Well" • "The Cell" • "Service" • "Go Getters" • "Swear" • "Sing Me a Song" • "Hearts Still Beating" • "Rock in the Road" • "New Best Friends" • "Hostiles and Calamities" • "Say Yes" • "Bury Me Here" • "The Other Side" • "Something They Need" • "The First Day of the Rest of Your Life"

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória