FANDOM


Este artigo é sobre o personagem da série de TV. Para informações sobre seus homólogos, e personagens de mesmo nome, você pode procurar por Carol, a personagem dos quadrinhos.

Personagens Principais de LogoAMCTWD

Carol Peletier
Carol-in-the-walking-dead-season-8-credit-amc
Nome: Carol Peletier
Idade:Entre 47 anos
Gênero:Feminino
Ocupação:• Dona de casa – (Pré-Apocalipse)
• Ex-Membro do Conselho,
• Cozinheira em Alexandria – (Pós-Apocalipse)
Encontrado/a em:Acampamento de Atlanta
Intérprete:Melissa Suzanne McBride
Biografia
Original de:Sul da Geórgia, Estados Unidos
Família:Ed Peletier † – Esposo
Sophia Peletier † – Filha
Lizzie Samuels †– Filha Adotiva
Mika Samuels † – Filha Adotiva
Relações Afetivas:Daryl Dixon – Namorado
Lori Grimes † – Melhor Amiga
Andrea † – Amiga
Tobin – Ex-Namorado
Temporadas:, , , , , ,
Primeira Aparição:"Tell It to the Frogs"
Estado:Viva

Galeria de Imagens

Nós temos tanto aqui... Pessoas, comida, remédios, muros... Tudo o que precisamos para viver. Mas, o que temos, outras pessoas também querem. E isso nunca vai mudar. Se sobrevivermos à essa ameaça, outra a substituirá para tomar o que temos. Eu amo todos vocês. De verdade. Eu posso até matar por vocês. Mas não quero. Eu não vou...
Palavras de Carol em sua carta sobre todos em Alexandria.

Carol Peletier é uma das personagens principais da série de TV, The Walking Dead. Ela foi introduzida como a esposa de Ed e a mãe de Sophia, uma mulher resguardada, humilde e submissa ao marido. Ela tinha um grande amor por Sophia, que após sua morte, virou uma mulher amarga e angustiada pelas coisas do novo mundo. Devido aos acontecimentos que se passam e um mundo pós-apocalítico, Carol logo se tornou uma mulher hábil, forte e guerreira, pronta para enfrentar os horrores do novo mundo.

Na quarta temporada, Carol é vista como a última sobrevivente feminina viva do grupo original de Atlanta. E após a queda da Prisão, se juntou a este grupo numa grande jornada a Washington, em busca de um lugar seguro, onde acabam chegando na Zona Segura de Alexandria. Lá, Carol passou a ser quem realmente era antes do apocalipse, voltando a suas tarefas diárias de dona de casa, mas sempre alerta para o perigo.

DescriçãoEditar

Carol é uma mulher por volta de 45 à 47 anos de idade, de voz suave, olhos azuis e cabelos grisalhos curtos. [1] Ela também é muito atenta e muito metódica. No início da série, Carol era uma mulher tímida, fraca, submissa ao marido e possuía a cabeça arraspada - que a partir da terceira temporada passou a crescer mais alguns centímetros. [2] Carol era ferozmente protetora de sua filha Sophia, tentando protegê-la dos vários perigos existentes, até mesmo de seu marido. [3] Após à perda de Ed, Carol lentamente começa a fortalecer-se.

Ela não tinha habilidades de combate, nem sabia como usar uma arma, [4] mas gradualmente aprendeu a se defender, deixado de ser uma ratinha com medo da própria sombra - segundo Merle Dixon - passando ater uma aparência mais guerreira, com calças de carga, botas de combate e até mesmo portar uma faca que mantém em seu cinto. [5] Sua desenvoltura de combate é exemplificada, quando ela ataca Terminus, onde os outros sobreviventes de seu grupo são mantidos em cativeiro, salvando-os todos da morte.

Sua evolução pode ser considerada como a jornada de um herói, que começou como uma dona de casa com medo, e acabou como o membro mais realista e implacável do grupo, capaz de planejar as coisas mais difíceis, não importa quão desagradável que são. As escolhas difíceis que Carol faz para se manter viva deixa-a emocionalmente ferida como resultado, um exemplo, é quando ela tem que matar uma de suas filhas adotivas, para que está não cause mais danos. [6] O desenvolvimento de Carol revelou que ela é altamente inteligente, objetiva, e engenhosa, servindo como uma pessoa confiável e conselheira para Rick Grimes. Ela não tem medo de tomar assuntos em suas próprias mãos, e é mostrada à estar preparada para matar a quem ela vê como uma ameaça. [7] Carol também é uma boa mentirosa, e essa capacidade é vista principalmente, quando ela é capaz de convencer toda a cidade de Alexandria que ela é uma boa pessoa e que nunca deixou de ser uma dona de casa.

Em Alexandria, Carol começou a se vestir como antes, (usando calças e casacos) para manter um perfil inofensivo e passar despercebida como uma mulher pronta para matar. Como uma dona de casa típica, Carol voltou a cozinhar, lavar e passar, e passou a desempenhar esse papel para esconder sua personalidade guerreira e cética. [8]

Pré-ApocalipseEditar

Sul da GeórgiaEditar

Anos antes do surto começar, Carol conheceu Ed Peletier quando eles eram jovens. Ele inicialmente era encantador para ela [9] no qual se apaixonou e se casou com ele, tendo uma filha chamada Sophia, mais tarde. Quando Sophia era um bebê, ela chorava acordando os vizinhos com o seu choro, em plena madrugada, fazendo Carol cuidar dela inteiramente, enquanto Ed preferia ir para casa de um amigo até que sua filha se acalmasse. [10]

Com o passar do tempo, Ed foi revelando sua verdadeira natureza e se tornou um homem bastante abusivo, rude e violento. Carol começou a ser abusada por seu marido, e muitas vezes foi forçada a ficar cuidando de casa, sem poder usar roupas bonitas. [11] Em mais de uma ocasião, Carol chegou a comparecer no hospital por causa da surra que recebia, então, eventualmente, viu na Internet a maneira certa de como recolocar o ombro de volta, pois era mais fácil, do que dizer a enfermeira que tinha caído da escada. [12]

Ainda assim, Carol acabou se convencendo-se de que estava feliz com Ed, e se acostumou vê-lo chegar em casa todas as manhãs, totalmente bêbado, e também se acostumar com as mesmas piadas do homem, todos os anos, antes dele ir caçar. [13] Quando Sophia cresceu, Ed começou a olhá-la de forma inadequada [14] e Carol começou a rezar pedindo a Deus para punir o marido por todos os danos que tinha o feito. Em uma ocasião, Carol e Sophia sairam de casa e se refugiaram em um abrigo para vítimas de violência doméstica em Atlanta por cerca de um dia e uma metade, mas acabou voltando para casa com Ed e depois de voltar, Carol foi espancada, e ela continuou orando para alguma coisa acontecesse com ele. [15]

Pós-ApocalipseEditar

Quando o apocalipse aconteceu, Carol foi evacuada de sua casa junto com Ed e Sophia na esperança de encontrar um refúgio seguro em Atlanta. Ao tentar entrar na cidade, ela conheceu Lori Grimes, seu filho Carl e Shane Walsh, e tendo piedade deles, ofereceu compartilhar comida, mas Ed terminou repreendendo-o por comprometer a sua "segurança". [16] Eventualmente Carol, sua família e seus novos amigos foram instalados em um acampamento de sobreviventes fora Atlanta, na esperança de que alguém iria resgatá-los.

1ª TemporadaEditar

"Tell It to the Frogs "

Carol é vista pela primeira vez, quando Rick Grimes chegou no o acampamento pela primeira vez e testemunhou o encontro com sua família. Mais tarde, ao lado de sua fogueira, ela permaneceu afastada com sua família. Quando Shane chegou a pedir-lhe para se juntar a eles e colocar e baixar o fogo para evitar atrair a atenção de algum caminhante, Ed discordou, mas Carol decidiu abaixar as brasas fora para evitar problemas e retirar-se humildemente.

Na manhã seguinte, Carol ofereceu lavar a roupa suja de Rick e ele ficou grato. Mais tarde, enquanto lava roupas com sua amiga Andrea, a irmã dela Amy e Jacqui, Carol confessou que o que mais sentia falta de sua máquina de lavar e de seu vibrador e isso causou o riso de todas. Ed repreendeu-a por fazer tanto barulho, fazendo Andrea e Jacqui confrontá-lo e isso deu início a uma discussão entre o homen e as mulheres. Carol tentou acalmar o marido e, em seguida, foi golpeada por ele sendo aparada por Amy. Shane apareceu e começou a bater descontroladamente no homem, e enquanto Ed era batido, Carol pediu em lágrimas para Shane parar. Quando Shane parou, Carol correu para o marido completamente espancado.

"Vatos"

Carol cuidou das feridas de seu marido, mas não ficou muito feliz em por fazer isso e, em seguida, continuou a cuidar de sua filha e Carl junto com sua amiga Lori. Quando Jim começou a se comportar estranho, Carol estava presente quando o grupo tentou pará-lo de cavar buracos. Mais tarde, quando eles todos se reuniram para jantar, ela chamou sua filha para acompanha-la, mas Ed pegou o braço de Sophia e ela lhe pediu para ficar. Visivelmente perturbada Carol pegou sua filha e pede para ela sair. Embora apreciando a noite, o lugar foi subitamente atacado por um bando de caminhantes e, em seguida, Carol pegou em seus braços Sophia e ficou com Lori e Carl enquanto está sendo protegida por Shane, Morales e Dale Horvath.

"Wildfire"

Na manhã seguinte, Carol descobriu que Ed havia morrido durante o ataque, e quando Daryl Dixon se preparava para lidar com o corpo dele, para evitar que ele se transforme, Carol disse que iria fazer, uma vez que era seu marido e depois furiosamente começou a bater na cabeça do falecido com um machado, com toda sua raiva que ela estava carregando por muitos anos. Depois que o grupo decidiu deixar o acampamento e ir para o CDC em busca de uma refúgio, Carol e sua filha viajou junto com T-Dog e ao chegar no CDC, encontram o lugar completamente abandonado. Quando o grupo começou a ser cercado por caminhantes, Carol começou a se desesperar e depois viu em assombro como o as portas se abriram milagrosamente.

"TS-19"

Depois de entrar no CDC, Carol e os outros pensaram que tinha chegado no paraíso e desfrutam dos luxos oferecidos pelo lugar. Ela passou seu tempo cuidado de Sophia e Carl e leu na sala de lazer do local e, em seguida, levou-os para a cama quando ficou tarde. Na manhã seguinte, enquanto o Dr.Jenner mostrou-lhes o estabelecimento e expliou a possível origem dos caminhantes, ele revelou também que todo o lugar iria explodir porque ele estava acabado o combustível e ofereceu-los morrer na explosão porque não havia esperança no mundo. O Dr. bloqueou todos na sala quando queriam sair e, em seguida, Carol ficou histérica e salientou a desumanidade que era seu plano sobre os motivos que Sophia merecia uma morte melhor do que isso.

Finalmente, quando o Dr. Jenner deixou-os iren após a persuasão de Rick, ela juntamente com os outros descobriram que todas as passagens ao exterior foram seladas e era impossível quebrar o vidro para escapar. Timidamente Carol se aproximou de Rick e lhe disse que ela tinha em sua bolsa algo que poderia ajudar e, em seguida, puxou para fora uma granada dizendo que tinha encontrado em suas calças no dia que ela tinha a lavado e depois Rick usou a granada para quebrar o vidro de uma das portas para todos pudessem escapar. Carol e Sophia testemunhou como todo o lugar explodiu, infelizmente a explosão e ela foi embora com os outros.

2ª TemporadaEditar

What Lies Ahead

Após a destruição do CDC, e por Atlanta está cheia de zumbis, Carol vai junto com os outros sobreviventes para Fort Benning, porém ela e os outros ficam presos em uma estrada cheia de veículos abandonados. Quando Rick descobre que um bando de dezenas de zumbis estão indo ao encontro do grupo, ele manda todos se esconderem embaixo dos carros. Carol obedece.

Ao ver sua filha, quase chorando pela presença dos zumbis, ela se desespera e quase chora, mas Lori tampa sua boca. Ela se desespera mais ainda quando Sophia é perseguida por zumbis, e se perde na floresta. Ela culpa Rick, e quando este e Daryl voltam sem informações da menina, ela diz para eles procurarem mais, mas isto não pode ser feito por estar escurecendo. No dia seguinte, ao chegar em uma igreja, ela ora a Jesus para que ele não a castigue por desejar a morte de Ed (o castigo seria a morte de Sophia). Ela pede para ele castigá-la de qualquer outra forma, menos com a morte da filha.

Bloodletting

Depois que i grupo se separou em dois, para cobrir mais terreno, Carol conversa e se identifica com Andrea, já que ambas perderam entes queridos (Sophia e Amy, respectivamente). Mais tarde, ela testemunhou a amiga ser atacada e salva de um zumbi por Maggie Greene, que veio a procura de Lori, revelando que Carl foi baleado. Ela volta para a estrada e dá a notício a Dale Horvath e T-Dog, e mantém a coesão no grupo, usando o álibi de que eles ainda precisam encontrar Sophia.

Save the Last One

Carol continua sofrendo a perda de Sophia, fazendo Daryl e Andrea saírem em busca da garota, embora eles não encontrem nada, para seu sofrimento.

Cherokee Rose

Na manhã seguinte, Carol chega à fazenda Greene junto com os outros sobreviventes. Quando descobre que Carl não corre mais o risco de morrer, ela oferece sua solidariedade aos Grimes, abraçando Lori. Mais tarde, Carol é vista no carro de Dale sozinha. Daryl vai confortá-la, dizendo que achou uma rosa Cherokee, e que ela cresceu em homenagem a Sophia, o que significa que eles podem encontrá-la em breve. Carol fica emocionada com as palavras de Daryl, e renova suas esperanças.

"Chupacabra"

Na manhã seguinte, Carol conversa com Lori e propondo que elas cozinhem para os Greene e organizem um grande jantar. Ela desabafa que ainda sente a perda de Sophia, e que está tentando não pensar nisso. A noite, ela vai ao quarto onde Carl está acamado, onde pergunta a Lori se ela irá à mesa, e se está tudo bem. A outra mulher, em prantos, responde que está tudo bem e que ela irá logo.

Em seguida, Carol vai ao quarto onde está Daryl Ela dá o jantar a ele em uma bandeja, já que ele não pode se reunir aos outros sobreviventes por seu estado debilitado. Daryl a responde com mau-humor, mas muda o comportamento quando esta lhe dá um beijo no rosto, e confessa que ele fez mais por Sophia em um dia do que Ed fez durante a vida inteira.

Secrets

A angústia de Carol por Sophia ainda não aparecer, aumenta quando Andrea e Shane voltam de uma ronda pela menina, com notícia de não terem encontrado-a.

Pretty Much Dead Already

Quando Glenn revela que existem zumbis no celeiro, Carol ficou assustanda. Ela e os outros vão averiguar pessoalmente o local, e é contra a ideia de Shane de os sobreviventes deixarem o local, já que Sophia pode estar na localidade. Mais tarde, ela vai até o estábulo, onde Daryl se prepara para procurar Sophia novamente. Carol o previne, dizendo que não sabe se eles vão mesmo achar Sophia, e que ele precisa descansar. Daryl fica profundamente irritado com Carol tentando demonstrar preocupação para com ele. O homem a xinga e sai do local.

Depois, Carol é vista com Daryl olhando para uma rosa Cherokee. O homem se desculpa com ela, e os dois ainda têm esperanças de que Sophia possa estar viva. Porém, quando Shane abre as portaa do celeiro, ela observa, entristecida, a morte dos caminhantes pelos sobreviventes. Ela começa a chorar quando vê Sophia sair do celeiro, e tenta se aproximar da garota, mas é agarrada por Daryl. Ela continua a chorar depois que Sophia é morta por Rick.

"Nebraska"

Carol muito abalada se retira para a van de Dale, onde fica em estado de choque e é observada por Daryl. Mais tarde, Lori vai ao local dizer que Sophia está pronta para ser enterrada. Carol não quer comparecer ao funeral, embora seja encorajada por Daryl. Ela diz que a garota que levou um tiro de Rick não era sua filha, pois Sophia havia morrido para ela, no dia em que despareceu. Abalada, Carol vai até a floresta, e encontra uma rosa Cherokee, onde a destrói, e ao voltar para fazenda, é consolada por Shane que lhe pede desculpas pelo que fez.

Triggerfinger

Mais tarde, Carol se prepara para jantar junto com os outros sobreviventes, já parcialmente recuperada da perda de Sophia. Ela fala sobre a ausência de Lori, e desconfia que ela foi a uma cidade, embora Shane Walsh contraponha esta possibilidade. Preocupada, Carol vai até um lugar nos arredores da fazenda, onde Daryl está. Ela pede para que o homem vá buscar Lori. Daryl nega e diz que aquilo não é problema dele. A mulher acaba descobrindo que a amiga foi atrás de Rick, e vai apressadamente até os outros e informa onde Lori está, fazendo Shane ir atrás da mulher. Após o retorno de Lori, Carol fala com Daryl que se prepara ir embora, mais ela o convence em ficar no grupo.

Judge, Jury, Executioner

Ainda em luto pela morte de sua filha, Carol é vai ao túmulo de Sophia, junto à Carl. Ela diz que Sophia está no céu, e fica horrorizada quando Carl a chama de idiota por acreditar nisso. Carol conta o fato a Lori e Rick. Mais tarde, Carol participa na discussão sobre matar ou não um estranho chamado Randall. Ela não gosta da discussão sobre matá-lo. E à noite, ela observa chocada a morte de Dale.

Better Angels

Na manhã seguinte, Carol participa do funeral de Dale. Mais tarde, quando Randall foge, Rick manda todos se trancarem na casa dos Greene. Ela pede para Rick não sair em busca de Randall, mas o policial replica que não vai deixá-lo à solta com uma arma na mão. Carol continua seus argumentos, dizendo que pode acontecer uma tragédia, mas Rick não lhe dá ouvidos.

Beside the Dying Fire

A noite, quando a fazenda é invadido por vários zumbis, ela apoia a causa de Lori em procurar Carl, e diz que elas vão achá-lo. Ela, Lori e Patricia discutem onde pode estar Carl. Carol acha que ele pode ter ateado fogo ao celeiro. Diante da situação insustentável, ela, Lori, Patricia e Beth Greene abandonam a casa e Carol vai na frente, mas é rapidamente cercada por zumbis. Andrea, em um ato de heroísmo, tenta salvá-la. Carol consegue ser salva de alguns zumbis, mas é abandonada por T-Dog, Lori e Beth, que também estão cercados. Os rumos de Carol e de Andrea se separam.

A morte certa se aproxima de Carol, mas ela é salva por Daryl, que a socorre com sua moto. Desesperada, Carol sobe na garupa da moto e os dois vão embora. Eventualmente, a moto acaba parando na rodovia abandonada onde se reagrupa com o resto do grupo, e vai embora com eles. Mais tarde, em um trecho de estrada, Carol fica nervosa quando Rick revela que todos estão infectados. Ela e os outros começam a questionar o papel dele como líder do grupo. O grupo parte em comboio, e acampa em um lugar por causa da falta de combustível. Em dado momento, Carol incita Daryl a se tornar o novo líder, dizendo que ele tem honra, ao contrário de Rick. Depois, ela ouve atordoada, Rick revelar ter matado Shane, para proteger todos.

3ª TemporadaEditar

"Seed"

Durante oito meses, Rick manteve o grupo sobrevivendo a céu aberto, Carol foi treinada na manipulação de armas e tornou-se um grande atiradora. A mulher também se tornou mais ligada a Lori, porque a amiga começou a ser rejeitada por sua própria família, e seu relacionamento com Daryl continuou a evoluir até o ponto de que ambos começaram a se sentirem mais confortáveis um com o outro. Carol, como todos, testemunhava as birras de Rick e estava em discordância com ele sobre essa atitude. Depois de Rick e Daryl encontrarem uma prisão abandonada que iria servir como um refúgio seguro, Carol ajudou a limpar os caminhantes que vivia no campo, e depois de cumprir o objectivo ficou muito feliz pela vitória que tinham conseguido. Enquanto acampados fora da prisão, a mulher disse a Daryl que ele estava errada sobre Rick, porque ele tinha trazido-os mais longe do que ela poderia ter imaginado. Após se mudar para o edifício da prisão, Carol se instalou em uma das celas, juntamente com Lori.

"Sick"

Quando Hershel foi mordido na perna por um andador e Rick foi forçado a amputar o membro infectado para tentar salvá-lo, Carol revelou que foi treinada pelo agricultor para servir como uma enfermeira e dar ajuda para parar o sangramento que havia ocorrido. A mulher realmente conseguiu estabilizar o velho, mas começou a se preocupar com quem iria ajudá-la durante o parto de Lori, caso ele morresse, e então pediu a Glenn para ajudá-la a pegar uma caminhante fêmea com a qual iria fazer uma experiência de como processar uma cesariana para o eventual parto. Depois de pegar o corpo necessário, ela começou a praticar, sem perceber que a distância, alguém estava espionando.

"Killer Within"

À medida que os dias se passavam, Carol continuou a ajudar o grupo a transformar a prisão em um lugar mais seguro, e ativamente defender o lugar quando um horda de caminhantes começaram a invadir todos os cantos lentamente. Com a situação fora de controle e separada do resto da equipe, juntamente com T-Dog, a mulher testemunhou como seu amigo foi mordido fatalmente no ombro por uma das criaturas, em seguida, pediu-lhe para se aventurar junto com ela através dos túneis do edifício para tentar salvar a si mesmo. Enquanto eles caminhavam pelos corredores, Carol e T-Dog ferido foram confrontados novamente por mais caminhantes e o homem, percebendo que seu fim era inevitável, decidiu a sacrificar-se para permitir que a mulher escapar. Carol testemunhou no horror como seu amigo foi comido vivo por caminhantes e usou a distração para correr, mas, em seguida, desapareceu misteriosamente quando a situação foi controlada e só o turbante de sua cabeça foi encontrado por Daryl.

"Hounded"

Enquanto visitava o novo bloco da prisão, Daryl, Oscar e Carl se depararam com um zumbi que alguém enfiou uma faca no pescoço e rapidamente é reconhecido que a arma pertencia a Carol. Daryl deduz que a mulher tinha se defendido e se perdido nos corredores e conclui que, possivelmente, ela tinha morrido. Mais tarde, ele ouve alguém batendo insistentemente uma porta que estava trancada por um zumbi. Convencido de que é mais um zumbi atrás da porta, o homem foi acabar com ele e tomou uma grande surpresa ao encontrar milagrosamente Carol viva, mas muito fraca, e, em seguida, ele a leva para os blocos de celas.

"When The Dead Come Knocking"

Daryl traz de volta Carol ao bloco C, onde a mulher ver o bebê recém-nascido nos braços de Beth, Carol chora ao saber que a amiga Lori tinha morrido no parto. Quando Rick e alguns outros tiveram que deixar a prisão para ir resgatar Glenn e Maggie em Maggie, Carol fica junto com o resto do grupo esperando eles voltarem.

"Made to Suffer"

Enquanto espera por seus companheiros retornarem, Carol nota Axel dando em cima de Beth e o avisa para ficar longe da garota. Quando o homem menciona que as mulheres que estavam na prisão já tinham companheiros com quem podiam se relacionar amorosamente, ele diz que Carol é lésbica por causa do seu corte de cabelo, Carol alega não ser lésbica, e Axel passa a cortejá-la.

"The Suicide King"

Carol fica responsável por supervisionar os portões da prisão junto com Carl e aproveita a oportunidade para confortar a criança sobre a morte de Lori e dizer-lhe que sua mãe tinha muito orgulhoso dele. Quando Rick e os outros voltam de sua viagem de Woodbury , Carol se sente chocada quando soube que Daryl tinha decidido deixar a grupo para ficar com seu irmão e, entre lágrimas não conseguia acreditar no que estava ouvindo. Eventualmente, a mulher aceitou e apoiou a decisão de Daryl.

"Home"

Com a ameaça do governador e do povo de Woodbury perseguindo eles, Carol foi obrigada a reforçar a segurança da prisão para evitar qualquer incidente, e, em seguida, a mulher foi atribuída a missão de barricadas na passarela com Axel. Durante o trabalho, Carol e homem consolidou ainda mais a amizade que tinha começado a surgir entre os dois, e até mesmo começou a sentir-se lisonjeada pelo atitude do homem que tinha por ela. Enquanto os novos amigos compartilham uma conversa agradável no pátio da prisão, Carol vê Axel ser subitamente morto por uma bala na cabeça, que a obrigou a usar o corpo de seu amigo como escudo, durante o tiroteio feito pelo Governador e seus capangas. Auxiliada por seus amigos, Carol consegue escapar ilesa do tiroteio e depois ajuda ativamente combater o ataque do Governador.

"I Ain't A Judas"

Com a penitenciária mais insegura do que nunca, Carol está presente durante a reunião para decidir como lidar com Woodbury. Depois ela visita Daryl, que chegou na prisão, em sua cela para expressar sua alegria em tê-lo de volta e preocupação sobre ter Merle com eles . A mulher assegura seu amigo que o homem não era uma boa influência sobre ele e fica bastante preocupada, dizendo que Merle poderia arrastar Daryl em direção ao erro. Quando Andrea chega à prisão para visitar seus antigos colegas, Carol foi quem a recebeu de braços abertos e cientes de todos os eventos que ocorreram durante a sua ausência. Durante a conversa, e antes de Andrea voltar para Woodbury , Carol diz o que aconteceu com Shane, Lori e T-Dog, e sugeriu sutilmente para acabar com todos os conflitos matando uma vez por todas com o governador , e este conselho influenciou profundamente os pensamentos de Andrea. Carol pede para que Andrea desse a melhor noite de amor para Philip e que quando ele estivesse dormindo, o mata-se.

"Arrow On The Doorpost"

Carol permanece na prisão quando Rick, Daryl e Hershel vão se encontrar com o governador para tentar resolver suas diferenças. Mais tarde eles retornam, e ele ouve atentamente as palavras de Rick a respeito da iminente guerra que vem.

"This Sorrowful Life"

Enquanto o grupo recorrem as armas e munições que tinham eles preparam para uma possível guerra. Carol tem a oportunidade de ter uma conversa honesta com Merle sobre onde sua lealdade pertencia e ela disse que ele deveria escolher um dos lados como Daryl escolheu. O homem observa o quanto ela havia mudado desde a primeira vez que se encontraram em Atlanta, em seguida, ele confessa que ele também mudou. Depois de ouvir a confissão de Rick sobre o que o governador tinha pedido em troca de deixá-los vivos, Carol fica em uma encruzilhada para decidir o que deve fazer em seguida.

"Welcome To The Tombs"

Carol é vista ajudando a embalar as coisas que ela e os outros podiam precisar no caso da emboscada dos soldados de Woodbury der errado. Ela conforta Daryl sobre a morte de seu irmão , O sacrifício que Merle tinha-lhes dado uma vantagem na batalha. Durante o ataque, a mulher permanece no local e ajuda a repelir homens do Governador disparando a partir de um porto seguro. Após o perigo e depois de vencer a batalha, ela ajuda a abrir as portas para Rick, Daryl e Michonne para ir para Michonne e mata alguns zumbis no processo. Finalmente, quando Rick e os outros voltam com os sobreviventes de Woodbury, Carol se encontra com eles e os ajudam a se dirigirem para os blocos de celas.

4ª TemporadaEditar

Após seis meses, Carol se torna membro de um conselho criado na prisão para estabelecer decisões e organizar pessoas que saem em rondas. Ela também passa a ensinar as crianças recem-chegadas, com seus conhecimentos.

"30 Days Without An Accident"

Carol é vista, embaixo de uma aupendre, servindo comida para pessoas, depois ela chama Daryl para vê os zumbis nas cercas, e diz a ele que após o inverno, teve um grande ajuntamento de mortos sobre as cercas. Carol também, implementada uma atividade denominada "histórias do tempo" e começa a se reunir diariamente em uma pequena biblioteca. Isso era uma atividade que estava sendo apenas uma cobertura para as aulas de defesa. Mais tarde, enquanto ensinava as crianças a se defenderem com facas, Carol é descoberta por Carl, onde o garoto não gosta do que ela esta fazendo.

"Infected"

Quando um misterioso ataque de zumbis surge em um dos blocos de celas, Carol ajuda a proteger as crianças e também ajuda a um ferido Ryan Samuels, que foi mordido por uma zumbi durante o caos. Embora Carol tenta amputar o braço do homem ferido para evitar que a infecção se espalhe, mais ela descobre de que ele também tinha sido mordido na parte de trás do pescoço, Ryan então, pede a Carol para trazer suas filhas para se despedir. Em seu leito de morte, Ryan pede a mulher cuidar de Lizzie e Mika como se fossem filhas dela e Carol promete que cuidaria. Após a morte de Ryan, e apesar de dar total apoio as pequenas durante os tempos difíceis em que viviam, ela encontrou complicações na tentativa de confortá Lizzie, que foi a mais afetada pela morte de seu pai, mas, eventualmente, poderia ganhar seu afeto e começou para cumprir, assim, o juramento que tinha feito.

"Isolation"

Mais tarde, Carol é vista presente enquanto Rick, Daryl e Tyreese examinam os restos carbonizados de Karen e David, que foram assassinados a sangue frio enquanto em quarentena por causa dos sintomas da doença letal que começou a se expandir na prisão. Ela observa atentamente a luta entre Rick e Tyreese, e decide ajudar Daryl a separá-los. Quando o número de infectados começa a aumentar, Carol propôs ao Conselho colocar em isolamento qualquer um que estava doente, ela, então, fica encarregada de colocar os infectados em quarentena, até mesmo Lizzie, que havia pegado a doença. Enquanto tentava obter água para levar para os doente Carol nervosa é visitada por Tyreese, que lhe pede para cuidar de sua irmã enquanto ele estiver fora da prisão para buscar remédios, e a mulher aceita a responsabilidade. Não demora muito para que a culpa e o remorso começe a aproveitar Carol.

No final do dia, Rick, após investigar, pergunta a mulher se ela matou as duas pessoas carbonizadas, e Carol admite sem rodeios ter assassinado Karen e David.

"Indifference"

Quando o grupo deixou a prisão em busca de medicamentos, Rick e Carol vão em busca de suprimentos num bairro de casas não muito distante, e durante a viagem a mulher explica seus motivos por ter matado Karen e David, dizendo que ela fez isso para o bem do grupo, porque ela pensou que iria impedir a doença de se espalhar para mais pessoas. Sabendo que seu ato não era correto.

Durante a expedição, e após encontrar Ana e Sam, e ter ajudado Sam, Carol não só provou o quanto ela tinha mudado desde que comeceu o apocalipse , revelando suas qualidades para batalha e amplo conhecimento em enfermagem, mas também confessou sua nova posição de ter de Mika e Lizzie como suas filhas adotivas desde a morte de Sophia. Carol convence de alguma forma Rick que ela não era mais a mulher fraca que ele conhecia e, em seguida, a policial usou os conselhos que ela lhe tinha dado e tomou a decisão de proibir retorno dela à prisão pelo que ela tinha feito . Embora Carol tenta justificar suas ações, Rick comenta que não poderia voltar a confiar nela e lhe assegurou dizendo que ela ia sobreviver por conta própria, sem outras pessoas. Carol finalmente aceita a decisão de Rick e depois de se despedir dar-lhe o relógio de Ed para deixar o passado para trás. Carol, pega um carro e suprimentos e vai embora deixando Rick no bairro.

"Inmates"

Após um dia, Carol reaparece bem a tempo de salvar Lizzie, Mika e Judith de alguns zumbis e, ironicamente, também se reuniram com Tyreese, que a recebeu de braços abertos depois de pensar que tinha perdido seus companheiros de equipe durante o ataque à prisão . Vendo que o homem estava totalmente inconsciente de que Rick tinha a expulsado do grupo por matar Karen e David, Carol disse que não estava presente durante a batalha contra o Governador e pede desculpas dizendo que demorou a voltar para a prisão porque, durante sua viagem ela se separou de Rick para ir em busca de suprimentos. A mulher confessa que ela só conseguiu testemunhar a prisão em chamas e revela também que viu Tyreese e as meninas fugindo para a floresta, então ela decidiu segui-los. As palavras convincentes de Carol acabou enganando Tyreese e, finalmente, depois de saber da existência de um santuário de sobreviventes, o pequeno grupo parte para o Terminus, seguindo uma estrada de trilhos de trem.

"The Grove"

Carol e seu grupo seguiu os trilhos no sentido Terminus por vários dias, e durante a viagem, a mulher começa a notar que nenhuma das duas meninas, não parecia estar preparadas para viver no apocalipse assim decidiu aconselhá-las usando como experiência o que aconteceu com Sophia. Embora Lizzie e Mika serem muito diferentes de sua filha, Carol continuou a sentir a necessidade de prepará-las para enfrentar o mundo pós-apocaliptico. Depois de encontrar uma casa na mata que transpareceu segurança, Carol e sua nova família decide ficar ali por alguns dias até retornar a viagem para Terminus

Durante esses dias, Lizzie passa a ter um certo facinio pelo zumbis, e não reconhecendo a verdadeira identidade deles. Apesar destes sinais Carol, foi incapaz de evitar Lizzie matar sua própria irmã para tentar provar a todos que um zumbi não era ruim, e após a descoberta desagradável, e sabendo que Lizzie era um perigo para todos ao seu redor, Carol bravamente decide tomar conta dela, porque não havia nenhuma maneira de salvá-la, e depois de fazer uma caminhada, Carol, entre lágrimas, mata Lizzie com um tiro na cabeça enquanto ela mandava a menina olhar para algumas flores.

Depois de enterrar suas pequenas e profundamente desolada, Carol, a noite, finalmente confessa Tyreese o que ele tinha feito com Karen, e coloca sua vida em suas mãos, na esperança de que ele a mate. Para sua surpresa, o homem a perdoa embora ele disse que nunca iria esquecer o que ele tinha feito e que isso já faz parte dela. Na manhã seguinte, o casal sai da casa e continuam a caminharem para Terminus.

"A"

Durante um flashback, Carol aparece quando Rick, Glenn, Maggie e Zach chegam de uma ronda sangrenta. Ela ao voltar para a prisão após matar zumbis nas cercas, dá a Rick uma barra de ferro para qaue ele mate os mortos-vivos.

5ª TemporadaEditar

"No Sanctuary"

Ao se aproximar cada vez mais perto de seu destino, Carol diz para Tyreese que ela havia decidido não ficar no Terminus uma vez quando chegar lá, mas ela promete que antes de sair iria garantir deixar ele e o bebê seguros. Depois de ouvir um tiroteio a distância e ver uma horda de zumbis mudar de rumo e ir na mesma direção em que eles estavam indo, ela e Tyreese abordam Martin, um dos residentes de Terminus, que mencionou o nome de Michonne e Carl como (a garota da espada e o garoto de chapéu) em uma conversa com outros do santuário. Carol o obriga revelar o que havia acontecido com seus amigos, em seguida, vai até Terminus para resgatá-los. Coberta com sangue e tripas de um zumbi, a mulher se aproxima de Terminus e a distância vê quando Rick, Daryl, Bob e Glenn foram arrastados para fora de um vagão de trem e levados para um edifício. Sem perder tempo, Carol causa uma enorme explosão, e evita a morte de seus amigos.

Depois de se infiltrarem em Terminus com a horda de mortos-vivos que entrou no lugar, Carol visita as instalações em busca de seus amigos, ela consegue recuperar a besta de Daryl e o relógio que Rick deu a Sam, que havia sido morto no local. Ela mata alguns residentes, incluindo Mary, que após atirar na perna da mulher, deixa-a ser pega por zumbis. Após o santuário se destruir no caos, Carol se reune com Rick e os outros na floresta e revela ter sido responsável por salvá-los; além de orientá-los para a cabana onde aguardavam Tyreese e Judith.

"Strangers"

Carol permanece com o grupo quando eles deixam Terminus, mas logo da viagem ele começa a se sentir desconfortável e fora de lugar e se afasta um pouco de todos. Apesar da insistência de Daryl e Tyreese, a mulher se recusa a falar sobre o que tinha acontecido na prisão ou com as irmãs Samuels e de todas as suas emoções. Depois que o grupo foi instalado na igreja do |Padre Gabriel que tinha acabado de conhecer, Carol tenta deixar o grupo usando um carro que havia encontrado antes, mas quando se preparava para fugir ele é descoberta por Daryl. Antes que a mulher pudesse dar uma explicação, a conversa foi interrompida pela passagem de um veículo semelhante o que levou a Beth. Então rapidamente ela decide segui-lo com Daryl.

"Slabtown"

Carol aparece no final deste episódio em um curto período de tempo adiantado do enredo da temporada, chegando desmaiada no hospital onde Beth está, devido ao acidente do episódio seguinte.

"Consumed"

Durante um flasback, é mostrado como Carol sobreviveu sozinha depois de ter sido expulsa por Rick. Ela passou a noite em um escritório de adivocacia, e no dia seguinde, ao colocar sacos plásticos na janela ele vê uma fumaça longe subindo ao céu. Carol, então, parte em direção a fote, que descobre ser a prisão em chamas após o ataque.

Daryl e Carol seguem o carro por todo o caminho de volta para a cidade de Atlanta, onde, depois de perder o carro de vista, decidem passar a noite em um abrigo para vítimas de violência doméstica que ela conhecia. Enquanto buscam por pistas sobre as cruzes brancas, Carol começa a ter lembranças de como muita coisa havia mudado desde que o apocalipse começou e as coisas terríveis que ela teve de fazer para sobreviver, confessando a Daryl, que enquanto estava na prisão , ela parecia a mulher que sempre pensou que deveria ser, mas que acabou jogando tudo fora. A cidade perigosa também testou a capacidade de resistência de Carol, que não só teve que enfrentar os zumbis, e sim enfrentar Noah que os deixou sem armas, e também teve que suportar uma queda do alto de uma ponte ao inspecionar uma van que possivelmente estava relacionada com aqueles que levaram Beth . Apesar do cansaço e lesões, a mulher foi inflexível em apoiar o seu parceiro na sua busca e, finalmente, depois de descobrir, graças ao cara que tinha os assaltado, que Beth estava no Hospital Memorial Grady, ela tenta chegar lá, Carol é atropelado por um carro do hospital e levada para o lugar.

"Crossed"

Carol é internada inconsciente no Hospital Memorial Grady. As lesões sofridas por Carol provoca um sono profundo na mulher, eventualmente sua saúde precária leva a um dos oficiais sugerir para Dawn Lerner (a chefe do hospital) desligar os aparelhos que a mantinham viva, pelo fato de Carol está dando desperdício de recursos, mas, felizmente, Beth defende Carol fazendo com que Dawn secretamente dar-lhe uma chance. Embora Carol é desconectada dos aparelho, Beth tem o suficiente para ajudá-la a recuperar, dando uma doze de adrenalina recomendada pelo Dr. Steven Edwards.

"Coda"

Graças a medicação, Carol começa a recuperar a consciência e quando seus companheiros foram resgatá-la junto com Beth, ela já estava acordada. Embora a troca de reféns é concluída com sucesso no último minuto Beth acaba acidentalmente recebendo um tiro na cabeça, Carol chora junto com o grupo onde tenta Dayl. Em seguida, quando o grupo deixa o Hospital , Carol é apoiada por Tyreese e observa com tristesa Daryl carregar o corpo da jovem Greene para fora.

"What Happened And What's Going On"

Após o trágico acontecimento no Hospital Memorial Grady, Carol vai embora de Atlanta com seu grupo. Duas semanas depois do enterro de Beth, ela fica no comando do grupo quando Rick, Daryl, Michonne, Glenn, Tyreese e Noah vão para a comunidade desse último, Shirewilt Estates. Carol se comunica com Rick por um rádio, e quando ela soube que Tyreese havia sido mordido ela se prepara para a chegada dele para cauterizar o braço do homem. Quando o grupo retorna com o corpo de Tyreese, Carol muito triste, participa do funeral do amigo que ficou ao seu lado nas horas mais difíceis depois da prisão.

"Them"

Mais tarde, Carol viaja para Washington com seu grupo, e durante o caminho os carros ficam sem gasolina, e todos saem caminhando a pé. Carol vai em busca de água com Daryl, e diz que Beth havia lhe salvado e que havia salvado ele de alguma forma também. A mulher dá a faca da jovem Greene à Daryl e lhe dá um beijo na testa pedindo para que ele seja forte. Horas depois, ela protege Carl e Judith, enquanto Rick e o outros matam alguns zumbis, e minutos após, ela e os outros come carne de alguns cachorros, que estavam ameaçando o grupo. Quando uma tempestade se forma, Carol e os sobreviventes se refugiam em um celeiro que Daryl encontrou, e passa a noite lá.

"The Distance"

Na manhã seguinte, quando Maggie e Sasha trazem um desconhecido chamado Aaron para o celeiro, ela assim como os outros desconfia do homem quando ele fala sobre sua comunidade, e após Rick dá um soco no rosto de Aaron deixando desacordado, Carol cuida do homem, junto com Maggie e Sasha. Mais tarde, Carol e o resto do grupo convence Rick ir para a comunidade de Aaron, e durante a viagem à noite, e a um ataque de zumbis, Carol se perde de seu líder, de Glenn, Michonne e Aaron, e junto com o resto do grupo seguem um caminho diferente onde encontram Eric o namorado de Aaron. Quando o grupi se reúne com os outros, na manhã seguinte ela viaja para a cidade e consegue chegar na Zona Segura de Alexandria.

"Remember"

Carol entra em Alexandria com o resto do seu grupo e é entrevistada individualmente por Deanna Monroe. Durante a entrevista, Carol afirma que ela era uma dona de casa que adorava sua máquina de lavar e limpar o jardim antes do apocalipse e sempre preparou o jantar para ela e para "estúpido maravilhoso," marido. Ela continua a dizer que ela estava feliz com seu grupo lor terem aceitado ela, afirmando que se sentia como uma mãe para deles e que sempre estava protegida, propositalmente deixando de fora os detalhes dos eventos que ela sofreu e sua transformação em uma sobrevivente forte. Ela expressa que é uma pessoa que gosta de se envolver com pessoas, e que ama ajudá-los. Depois de todos serem entrevistados, ela é o último a entregar suas armas para Olivia, brincando ao remover seu rifle e colocando-o no deposito, mostrando ainda mais sua "fraqueza". Quando o grupo começa a se estabelecer em sua casa, ela e Carl vão para sua outra casa ao lado para explorar. Dentro da casa vazia, ela leva um bloco de notas que ela usa para rabiscar como visto naquela noite. No dia seguinte, Carol aparece bem arrumada, pronta para trabalhar como cozinheira para os idosos e mães ocupadas. A noite após o confronto com os portões da cidade, Carol sai da casa para a varanda e fala com Daryl e Rick sobre a comunidade os deixar fracos.

"Forget"

Na manhã seguinte, Carol é vista fora dos muros, planejando com Rick e Daryl roubar armas. Quando um andador aproxima, ela esvazia seu clipe ao matar ele, para dar a ilusão de que eles tinham ido passear. Mais tarde, ela é vista trocando dicas de culinária com outras mulheres antes de conversar com Rick, dizendo-lhe que ela pode lidar com o roubo das armas. Ela vai para a casa de armazenamento e pede para Olivia lhe ensina fazer saboreosos cookies, e fica espantada que o grupo tem chocolate. Quando Tobin e um outro homem veio a verificar algumas armas, ela finge interesse para que ela possa desbloquear a janela para acesso posterior. Na festa de Deanna, ela aproveita a oportunidade quando vê Olivia chegar a festa para ir roubar as armas. Ao chegar no arsenal, ela pega três antes do filho de Jessie Anderson o Sam vê tudo. Ela ameaça raptar-lo e deixá-lo para os caminhantes se ele dizer o que ela estava fazendo. No dia seguinte, ela dá uma arma para Rick, mas Daryl se recusa a tomar um.

"Spend"

Mais tarde, depois de ouvir barulhos em sua casa, Carol desce as escadas, e encontra Sam tentando roubar ingredientes para fazer cookies. Ele afirma que ele não pode fazer em sua casa, porque eles não têm energia (devido aos painéis solares de Alexandria estarem mau funcionando). Carol é antipática, e diz a Sam para sair. Sam insiste que ela a ajude a fazer os biscoitos, e Carol relutantemente diz que o ajudaria fazer se ele roubar o chocolate de Olivia e não ser pego. Ele é bem-sucedido, e os dois fazem biscoitos. Sam então continuamente tenta falar com Carol, e ela começa a se abrir para ele um pouco, dizendo que o cozimento ajuda-la a se sentir melhor quando ela fica triste. Sam, em seguida, afirma que ele quebra as coisas quando ele fica triste, e que ele era o único que quebrou a estátua de coruja que ele, Jessie, e Ron estava trabalhando. Surpresa, Carol pergunta a Sam por que, mas ele contrapõe perguntando por que ela roubou as armas. Ele então pergunta a Carol se ele pode ter uma arma, e Carol ao perguntar para quem era, ele corre de volta para sua casa. Ela então vai até a casa de Pete e Jessie certificar-se se Sam estava bem. Quando ela pergunta a Pete, ele nervosamente pergunta por que ele não saberia. Quando ela pede para falar com Jessie, ele fica ainda mais nervoso e diz que ela não pode ser vista agora. Tendo experimentado isso com Ed no passado, Carol é imediatamente acredita no abuso de Pete contra Jessie (e, possivelmente, Sam), que mais tarde ela relata a Rick. Ela diz que ele sabe que a única maneira que ele pode colocar um fim a isto é matar Pete.

"Try"

Na noite seguinte, após a morte de Aiden Monroe, Carol prepara uma caçarola e entrega-la para Deanna para expressar sua simpatia por sua perda. Quando ela estava preparando a refeição, Sam apareceu fora da casa e disse a Carol sobre o abuso de Pete contra Jessie, incluindo um incidente angustiante em que Sam encontrou a mãe inconsciente no meio da noite. Carol transmite essa informação para Rick, que pergunta por que ela se preocupa com a situação de Jessie. Carol diz a ele que ele sabe por que e então revela que ela viu a forma como Rick fala com Jessie. Carol admite que se os caminhantes não tivessem conseguido matar Ed ela não estaria ali agora. Rick garante que ela estaria, antes de se afastar.

No dia seguinte, Carol testemunhas uma luta brutal entre Rick e Pete. Sam assustado corre para Carol, que lhe conforta como a batalha continua. Quando Rick fica louco ela o vê como ele aponta sua arma para Deanna e para os outros e lhes diz que os alexandrinos não sabem como é o mundo real, antes de Michonne o nocautear.

"Conquer"

Na manhã após a luta, Carol visita Rick e Michonne ao lado de Abraham e Glenn. Carol coloca em um ato em frente Michonne, Abraham e Glenn e pergunta a Rick porque ele roubou a arma do arsenal. Rick parece um pouco surpreso ao perceber que Carol quer manter a sua astúcia na frente dos outros, mas ele joga e diz que ele roubou a arma para o caso. Glenn revela que Deanna vai forma uma reunião para discutir o que fazer com Rick. Carol diz a Rick que ele precisa dizer as pessoas da cidade que ele estava preocupado com alguém que está sendo abusada e ninguém estava fazendo nada sobre isso, e que ele roubou a arma para se proteger de um homem que acabou de atacá-lo. Quando Michonne pergunta por que isso iria funcionar, Carol revela que o povo de Alexandria são crianças, e as crianças gostam de histórias. Rick em seguida, surge com um plano com os outros onde eles vão tomar a cidade pela força, se necessário.

Mais tarde, Carol volta a Rick sozinha e o acorda. Ela revela que foi bom o que aconteceu no dia anterior, ela então coloca nas mãos dele uma arma. Rick pergunta por que ela guardava as armas de Michonne, Glenn e Abraham e Carol revela que ela fez isso apenas no caso, porque Michonne foi quem bateu em Rick. Ele garante que Michonne está com eles. Rick confidencia a Carol que ele não quer mais mentir. Carol aponta que ele não quer mentir, mas ele também não quer tomar a cidade.

Mais tarde, Carol visita Pete Anderson e entrega-lhe comida. Ela insiste que ele verifique a condição de Tara. Quando ele tenta expulsá-la, Carol pega uma faca e ameaça-lo. Inicialmente, Pete parece não muito assustado, mas Carol lembra que todo mundo acreditaria nela, se ele contasse que o matou devido ter sido atacada por ele. Ele se esconde ao perceber o quão sério e mortal ela é. Carol o chama de pequeno e fraco, e após isso a mulher entrega a comida e exige friamente que ela quer o prato de volta limpo quando ele comer.

Durante a reunião da cidade, Carol defende Rick contra Deanna e continua seu ato impotente ao revelar que ela estaria morta se não fosse salva várias vezes por Rick, e que todos devem ouvir o que Rick tem a dizer. Algum tempo depois, Rick aparece e traz consigo um andador morto que entrou na cidade depois que o portão foi deixada em aberto. Depois que ele faz um discurso sobre o que precisa ser feito para manter a cidade e toda a gente viva, Pete entra em cena, armado com a espada de Michonne. Carol insiste em Rick não agir de imediato e ver. Pete então corta acidentalmente a garganta do marido de Deanna Reg, que morre segundos depois. Deanna devastada dá a Rick a permissão para matar Pete, o que ele faz sem hesitação. Só então, Carol e os outros assistem como Daryl e Aaron chegar de volta para a cidade ao lado de Morgan Jones, um velho amigo de Rick desde os primeiros dias do apocalipse.

6ª TemporadaEditar

"First Time Again"

Após o desfecho trágico da reunião do povo Alexandrino, Carol continuou sua farsa como dona de casa. Quando Rick fez uma reunião com todos sobre uma grande ameaça nas proximidades, e agilizou em costruir barricadas para intervir o perigo de chagar até Alexandria, seu disfarce, no entanto, não foi capaz de enganar o recém-chegado Morgan, onde ele percebeu que ela sempre parecia alerta e pronto para lidar com qualquer coisa.

"JSS"

Depois de Rick partir com várias pessoas para intervir a chegada de milhares de zumbis até Alexandria, Carol ajuda a Shelly, Erin e Olivia a organizar os suprimentos na dispensa. A comunidade, então sofre um súbito ataque de uma guangue chamada Os Lobos, e Carol foi forçado a abandonar o seu ato e tomar medidas para defender sua casa. Após perder suas amigas Shelly e Erin, ela disfarçada como um dos inimigos, foi capaz de decolar vários dos atacantes. Depois de perceber que os invasores não tinham armas, Carol foi proposta para proteger o arsenal e recrutou Morgan para ajudá-la, mas logo a ferocidade e crueldade de Carol em combate, colocá-la.em conflito com Morgan, que era a favor de uma solução pacífica para a situação toda. Mais tarde, ela observa o número de vítimas nas ruas.

"Now"

Depois de Rick volta à comunidade, sendo perseguido pela metade dos caminhantes que vinha tentando levar para longe de Alexandria, Carol passa a ouvir seu discurso em manter a calma e manter o mínimo de ruído até Daryl e outros voltaram para se livrar das criaturas. Então ela disse a ele em particular sobre o que tinha acontecido com os lobos em sua ausência.

"Heads Up"

No dia seguinte, Carol, Rick e Michonne confrontam Morgan sobre o Lobos que ele deixou sair e, eventualmente, frustrou o plano de Rick para afastar a horda de caminhantes que se aproximam de Alexandria, mas o homem continuou a defender sua filosofia de não matar as pessoas. Irritado com a postura pacifista de Morgan, Carol se mantem em segurança e enquanto cuida de Judith, e observou Morgan e Denise Cloyd conspirarem juntos, então ela decidiu segui-los para descobrir o que eles estavam fazendo. Ao vê-los entrarem na casa carcerária, ela vaibate a casa de Jessie Anderson, e pede para que ela fique com Judith, mentindo dizendo que iria ficar num posto de vigia. E logo vai ao encontro de Morgan na casa.

"Start to Finish"

Carol descobre que Morgan escondia o líder dos lobos, e que pediu a Denise para que cuidasse dos ferimentos do assassino. Quando a torre de vigia cai em cima dos muros de Alexandria derrubando-os, e permitindo a entrada de vários zumbis, Carol se refugia com Morgan na casa onde o Owen estava. Lá, a mulher tenta matar o assassino sem alma, mais Morgan acreditando que tudo podia terminar de outra forma, luta contra a mulher onde acaba deixando Carol desacordada.

"No Way Out"

Mais tarde, Carol desperta e é ajudada a se levantar por Eugene, que tinha chegado na casa com Tara e Rosita. Nervosa com Morgan, ela pega a arma de Rosita, e sai para dentro da casa para investigar se havia zumbis nis fundos. Morgan vai até ela, e os dois tem uma conversa sobre o que houve, e Carol revela que realmente iria matá-lo. Em seguida, ela atira em Owen que fugia pelas ruas com Denise, e manda a mulher correr. Depois, ela avista Rick e vários outros enfrentar os caminhantes, e logo se junta a ele junto com o grupo que estava na casa. Após a batalha, na manhã seguinte, Carol se encontra na frente da enfermaria esperando um sinal de vida de Carl, que foi baleado no olho.

"Not Tomorrow Yet"

Duas semanas depois, Carol continuou a exercer sua função de dona de casa, e distribuiu biscoitos feitos com beterrabas, para os moradores da comunidade, e Tobin adora seus biscoitos apesar de não gostar de beterraba, se encantando pela mulher. Mais tarde, após conversarem sobre Owen, Carol e Morgan foram para igreja de Alexandria, ouvir o discurso de Rick sobre eles iriem enfrentrar a nova ameaça chamada "Os Salvadores". Carol aceita participar de um ataque para matá-los, e durante a noite, por não conseguir dormir pensando no que iria fazer, Carol se encontra com Tobin, e o homem expressa seu interesse sobre a mulher, e os dois acabam se beijando. Na manhã seguinte, Carol acompanha seu grupo até uma das bases dos bandidos, e fica preocupada com Maggie está envolvida nisso, apesar de está grávida. A mulher fica de guarda com Maggie, e quando seus amigos entram em tiroteio na base dos Salvadores, Carol impede Maggie de ir ajudá-los, em uma maneira de evitá-la prejudicar sua gravidez.

"The Same Boat"

As duas são encontradas por um Salvador que sai da floresta para matá-las. Carol dispara no braço do homem e quanto Maggie tenta matá-lo, mais salvadores aparecem e as emboscam. Na manhã seguinte, a líder do grupo, Paula, fala com Rick para informar-lhe que estava com Carol e Maggie como reféns. O policial decide fazer uma troca de prisioneiros, já que estava com Primo, membro do grupo da mulher. Paula promte entrar em contado mais tarde.

O pequeno grupo, leva Carol e sua amiga para um abatedouro abandonado, e lá às amarram e as põe mordaças. Uma vez sozinhas, enquanto Maggie tenta se libertar, Carol encontra um rosário e esconde em seu bolso. Quando Paula e os outros voltam, Carol começa a ter um ataque de pânico, e as mulheres do grupo não entendem o motivo de Carol ter sobrevivido todo esse tempo tendo ataques de pânico. Maggie por sua vez, fica sem entender nada, e defende sua amiga quando Donnie espanca Carol e tenta matá-la. Os dois lutam, até Paula sobjugar o homem. Mais tarde, após se libertar e libertar Maggie em outra sala, as duas fazem seu caminho até a saída, e durante a fuga encontram Paula, onde esta tem uma luta física com Carol e acaba sendo morta. Após matarem mais salvadores, as duas são encontradas por seu grupo.

"Twice as Far"

Ao passar dos dias, Carol sempre era vista segurando seu rosário, fumando e se balançando no balanço de sua varanda. A relação entre ela e Tobin fica séria, e durante uma manhã, ela tenta conversar com Daryl sobre as pessoas que roubaram sua moto na floresta queimada, mas o homem não dá detalhes. Quando ele pergunta o que os salvadores fizeram com ela e Maggie, Carol se mantém calada e vai embora. Mais tarde, ela tristimente enterra o corpo da Dra. Denise, e repara a tristeza de Daryl também.

"East"

Pertubada com as coisas que sempre tinha que fazer para sobreviver, entre uma delas é matar, Carol resolve voltar o seu antigo plano de deixar o grupo de Rick, no qual pretendia fazer à vários meses atrás após salvá-los de Terminus, que por fim desistiu quando foi a procura de Beth, com Daryl. Depois de preprar suas malas, e deixar um bilheite de despedida para Tobin, informando que precisava ir e que o relacionameto deles tinha acabado. Ela foge da comunidade durante a noite.

Na manhã seguinte, na estrada, ela é abordada por um grupo de Salvadores que estavam indo para Alexandria. Depois deles estourarem os pneus de seu carro, a manda sai do veículo. Carol mente dizendo que era "Nancy" de Montclair, Virgínia, e que não estava indo para nenhum lugar. Ao perceberem que o carro dela era de Alexandria, os salvadores resolve capturá-la, mais acabam sendo mortos pela mulher, que escondia uma arma na manga de seu casaco. Ela então, é perseguida por um bandido sobrevivente, mais acaba matando-o também, e pegando sua arma para matar outro que se encontrava escondido. Após disparar em Jiro, que lhe fere com uma faca no torso, Carol vai embora sem rumo.

"Last Day On Earth"

Horas depois, Carol foi encontrada deitada sobre os degraus de uma biblioteca, por Morgan. Ele tenta ajudá-la, e faz um curativo no ferimento da mulher, alegando que eles iriam voltar para Alexandria na manhã seguinte. Carol ao ouvir isso, diz que não quer ir, e que só fugiu pelo bem do grupo, revelando amá-los e para protegê-los, deveria ficar longe. Morgan não concorda com aquilo, e revela que Rick tinha vindo atrás dela também, por que se importava com a mulher, mais teve que voltar para casa. Carol pede para Morgan ir embora, apontando a arma para ele, mais por estar fraca, abaixa o revólver.

Quando Morgan saiu para averiguar o perímetro, Carol foge, e em um certo lugar, é atacada por uma zumbi, que quase a morde. A mulher bastante fraca consegue matar a zumbi, e logo entra numa briga com Roman, um Salvador sobrevivente da estrada, que buscava vingança. Ele a derruba no chão, e atira em seu braço e perna. Carol sofre de dor, e o homem revela seu desejo de vê-la morrer lentamente. A mulher revela não ter medo de morrer, e quando Roman tenta matá-la, Morgan surge e mata o salvador a tiros. Em seguida, Carol e Morgan são encontrados por dois homens trajados com armaduras, e oferecem ajudá-los a levá-los para Carol ter assistência médica.

7ª TemporadaEditar

"The Well"

Depois de ser resgatada pelos homens armados, Carol e Morgan foram levados para uma comunidade chamada "O Reino", onde as feridas de Carol foram tratadas e ela acabou ficando desacordada por dois dias por causa de toda a exaustão. Quando ela acordou, Morgan informa-lhe de tudo o que tinha acontecido e levou-a para conhecer o líder da comunidade, o Rei Ezekiel, que para sua surpresa, tinha um tigre de estimação chamado Shiva e tinha um modo de vida de um verdadeiro rei. Carol chamou a atenção de Ezekiel ao adaptar a sua falsa identidade de mulher inofensiva e fingir admiração por tudo o que ela viu, quando ela estava realmente enfurecida pela situação que foi colocada. Depois de dizer a Morgan a sua ideia de abandonar o Reino e continuar com seu plano original para ficar longe de tudo, Carol começou a coletar itens em segredo para poder escapar, até que uma noite ela foi descoberta por Ezekiel, que não só revelou que ela estava fingindo o tempo todo, mas também confessou que ele também estava interpretando um personagem para não perder o respeito de seus seguidores. Após a conversa sincera que manteve, Ezekiel convenceu Carol não se afastar muito do Reino e então ela optou por se instalar em uma casa localizada na periferia da comunidade.

"Hearts Still Beating"

Em um certo dia, em sua cabana, Carol ouve um ruído lá fora e vê Morgan deixando um saco de produtos em sua varanda. Ela convida Morgan para entrar e revela que Ezekiel também havia trazido suprimentos para ela antes, e um dos soldados do Reino, Richard, chega para falar com eles. Richard revela seus medos a Carol e Morgan; Ele não pensa que o Reino possa coexistir com os Salvadores. Ele acredita que inevitavelmente que os bandidos destruirá o Reino, e pede a Carol e Morgan para ajudá-lo a convencer Ezekiel a atacar primeiro. Carol se recusa a ajudar Richard e insiste em ser deixada sozinha. Morgan menciona que fazer uma paz entre os dois grupos seria melhor, mas Richard sai da casa revoltado. Carol diz a Morgan para sair e lhe proíbe de dizer a qualquer um onde está.

"Rock in the Road"

Uma tarde, enquanto caçava na floresta, Carol encontrou Benjamin, um dos habitantes do reino, que estava lá fora, praticando suas habilidades para matar os caminhantes, e aconselhou-o a parar de ser tão alto confiante. Carol ordenou o adolescente a voltar para casa antes que torne mais tarde, pois o mundo exterior era bastante perigoso e quando ele lhe disse que ela também deve fazer o mesmo, Carol garantiu-lhe que, ao contrário dele, ela poderia se cuidar.

"New Best Friends"

Depois de despachar Ezekiel e seus guardas de sua casa, em uma de ronda, Carol ficou muito surpresa ao rever Daryl em sua varanda e em lágrimas ela corre para dar-lhe um grande abraço. Ele reclamou sobre suas razões para ter ido e Carol reafirmou que só fez o que era necessário. Enquanto preparava o jantar, Carol confessou em lágrimas que já não podia suportar perder as pessoas que amava e garantiu-lhe que, se os salvadores tiver ferido qualquer um deles, ela não teria escolha a não ser matá-los todos. Quando Carol perguntou se todos estavam bem em Alexandria, Daryl preferiu mentir e escondeu tudo o que tinha acontecido com os salvadores até agora, dizendo que tem um acordo com eles como fez Ezekiel. Aliviada, Carol sentou-se para ver Daryl comer e na manhã seguinte ela disse adeus a ele com outro grande abraço.

"Bury Me Here"

Ao longo do dia, no entanto, Carol começou a ligar os pontos sobre a visita peculiar de Daryl e não demorou muito para deduzir que seu amigo tinha mentido. Determinada a descobrir o que realmente estava acontecendo, Carol fez uma viagem ao Reino, onde ele confrontou Morgan e exigiu saber a verdade do que aconteceu em Alexandria, embora em vez de dar uma resposta forte, ele a encorajou a retornar ao aquele lugar e descobrir por si mesma. Incapaz de fazer tal sacrifício, Carol voltou para sua cabana para continuar a vida que ele tinha escolhido. Mais tarde, uma equipe liderada por Ezekiel chega com o jovem Benjamin baleado e Carol não pode ajudá-los a salvá-lo. Após a morte do jovem, Morgan bastante atormentado decidiu dizer a verdade para Carol, dizendo tudo o que tinha ocorrido entre os Salvadores e seus amigos incluindo as mortes de Glenn, Abraham, Olivia e Spencer. Carol ficou extremamente chocada ao ouvir estas verdades, e então convencê Morgan não ir naquele tempo atrás dos assassinos de seu aluno, ela arrumou seus pertences e voltou para o Reino, onde ela disse a Ezekiel que tinha decidido se mudar para lá para ajudá-los na guerra.

"The First Day of the Rest of Your Life"

Carol então se tornou a comandante do exército de Ezekiel e levou uma tropa de soldados a Alexandria para ajudar na luta com os salvadores. Ao longo do caminho, ela e Ezekiel conseguiram convencer Morgan se juntar a eles em vez de ir contra o inimigo sozinho, e finalmente chegou em Alexandria a tempo de evitar a morte do jovem Carl nas mãos de Negan. A tropa liderada por Carol teve um papel crucial para ajudar a repelir o papel de salvadores e, uma vez obtida a vitória, ela estava presente quando os três líderes das diferentes comunidades - Alexandria, Hilltop e Reino - declarou o início de uma grande guerra contra os Salvadores.

Vítimas MortasEditar

Esta lista mostra o número de vítimas que Carol matou:

ApariçõesEditar

Aparições na 1ª Temporada
"Days Gone Bye" "Guts" "Tell It to the Frogs"
"Vatos" "Wildfire" "TS-19"
Aparições na 2ª Temporada
"What Lies Ahead" "Bloodletting" "Save the Last One"
"Cherokee Rose" "Chupacabra" "Secrets"
"Pretty Much Dead Already" "Nebraska" "Triggerfinger"
"18 Miles Out" "Judge, Jury, Executioner" "Better Angels"
"Beside the Dying Fire"
Aparições na 3ª Temporada
"Seed" "Sick" "Walk With Me"' "Killer Within"
"Say The Word" "Hounded" When The Dead Come Knocking" "Made to Suffer"
"The Suicide King" "Home" "I Ain't A Judas" "Clear"
"Arrow On The Doorpost" "Prey" "This Sorrowful Life" "Welcome To The Tombs"
Aparições na 4ª Temporada
"30 Days Without An Accident" "Infected" "Isolation" "Indifference"
"Internment" "Live Bait" "Dead Weight" "Too Far Gone"
"After" "Inmates" "Claimed" "Still"
"Alone" "The Grove" "Us" "A"
Aparições na 5ª Temporada
"No Sanctuary" "Strangers" "Four Walls and a Roof"' "Slabtown"
"Self Help" "Consumed" Crossed" "Coda"
"What Happened And What's Going On" "Them" "The Distance" "Remember"
"Forget" "Spend" "Try" "Conquer"
Aparições na 6ª Temporada
"First Time Again" "JSS" "Thank You"' "Here's Not Here"
"Now" "Always Accountable" Heads Up" "Start to Finish"
"No Way Out" "The Next World" "Knots Untie" "Not Tomorrow Yet"
"The Same Boat" "Twice as Far" "East" "Last Day On Earth"
Aparições na 7ª Temporada
"The Day Will Come When You Won't Be" "The Well" "The Cell"' "Service"
"Go Getters" "Swear" "Sing Me a Song" "Hearts Still Beating"
"Rock in the Road" "New Best Friends" "Hostiles and Calamities" "Say Yes"
"Bury Me Here" "The Other Side" "Something They Need" "The First Day of the Rest of Your Life"

Curiosidades Editar

  • A atriz que interpreta Carol (Melissa McBride) conseguiu o papel, mesmo sem audição para o personagem. Originalmente, sua participação seria de curto prazo e que seu personagem seria morto em alguns episódios.
    • Segundo Frank Darabont, que já tinha trabalhado com McBride no filme The Mist de Stephen King, lhe ofereceu o papel de Carol no show. [17]
  • De acordo com Robert Kirkman, Carol tornou-se um personagem único e quase uma criação totalmente original da série de televisão. [18]
  • No final da temporada 3, Carol se tornou a última mulher sobrevivente do grupo original de Atlanta.
    • Carol é também um dos quatro personagens ainda vivos desde a primeira temporada, os outros são: Rick, Carl e Daryl.
    • Melissa McBride é a única atriz desde a primeira temporada, ainda na série.
  • Carol também é uma das quatro personagens que conseguiu permanecer vivos por mais tempo do que o seu homólogo nos quadrinhos, sendo os outros:
  • Carol tem sobrevivido mais tempo do que a sua filha e atualmente ainda está vivo. Nos quadrinhos essa situação ocorre em sentido inverso.
    • Tyreese, que morreu meses depois do ataque à prisão, enquanto seu homólogo, morreu durante o ataque a prisão.
  • Ambos Melissa McBride, Glen Mazzara como Greg Nicotero revelou em várias entrevistas que no roteiro original do episódio "Killer Within" a terceira temporada que Carol iria morreu no lugar de T-Dog. McBride mesmo recebeu um telefonema do produtor para indicar que seu personagem seria morto. [19]
  • Carol matou diretamente ou indiretamente a terceira maior quantidade de pessoas que viveram na série, com um total de mais ou menos 26 mortos, enquanto Rick tem a segunda maior, com pelo menos 35 mortes e o governador tem a maior, com mais de 50 mortos.
    • Em Not Tomorrow Yet, Carol é visto anotando a quantidade de pessoas que ela reconheceu ter diretamente mortado em um diário. O valor escrito é 18. No entanto, ela não incluiu Erin, em sua lista, onde a contagem fica 19.
  • Enquanto ela é baseada em um personagem dos quadrinhos, a personalidade deste personagem é diferente com a do seu homólogo. Nos quadrinhos Carol exibe um comportamento ingênuo, e ao longo do tempo torna-se cada vez mais instável e auto-destrutiva, até que finalmente se suicida. Na série, por outro lado, Carol é uma pessoa rígida, pragmática e compassiva que provou ser muito mais capaz ser emocionalmente estável do que o seu homólogo dos quadrinhos.
  • Coincidentemente, Carol aparece no 3° episódio da série, e seu homólogo dos quadrinhos na 3ª edição dos quadrinhos.
  • É visto em "TS-19", que Carol sofre um pouco de claustrofobia.
  • Carol é uma das poucas pessoas religiosas da série.
  • Melissa McBride recebeu aclamação da crítica por sua interpretação de Carol e ganhou revisões geralmente favoráveis ​​durante a terceira, quarta e quinta temporada. [20]
  • Em 2014 e em 2015 ela ganhou o prêmio Saturn Award de Melhor Atriz Coadjuvante na Televisão por seu desempenho durante as temporadas 4 e 5, respectivamente.

ReferênciasEditar

  1. Características da atriz Melissa McBride.
  2. Possivelmente, Carol possuía o cabelo raspado devido Ed, pois poderia ser atraente para qualquer outro homem.
  3. A prova de que Carol não deixava Sophia com o pai, é vista em "Tell It to the Frogs".
  4. Até o final da segunda temporada, Carol era protegida pelos outros membros do grupo.
  5. A primeira prova que Carol se tornou uma mulher forte, é vista durante a posse da prisão em "Seed".
  6. Carol é vista visivelmente abatadida emocionalmente, após matar Lizzie, em "The Grove".
  7. Carol elimina a quem ela acha uma ameaça, em "Indifference", quando mata Karen Infectada, e em "Start to Finish", quando tenta matar Owen.
  8. A prova de Carol passou a ser uma dona de casa novamente e amigável, principalmente quando ela distribui biscoitos entre os cidadãos em "Not Tomorrow Yet".
  9. Carol revela que Ed, quando o conheceu, era em encantador, no episódio "Indifference".
  10. Enquanto cuidava de Judith, Carol revelou a Beth, em "The Suicide King", que Sophia acordava as três da manhã chorando.
  11. Foi revelado por Carol, que Ed não a deixava usar roupas bonitas, em "What Lies Ahead".
  12. Carol revela ter aprendido a repor o ombro de volta, em "Indifference".
  13. A piada de Ed é contada por Carol, em "The Grove".
  14. Em várias ocasiões, deu a entender que Ed tinha um histórico de abuso sexual, por praticar com Sophia. Isto é visto em "Vatos".
  15. A história que Carol foi espancada após voltar de Atlanta, é contada em "Consumed".
  16. É visto no flashback de " Chupacabra", como Carol conheceu sua amiga Lori.
  17. Fonte tirada de AJC RadioTV Talk.com.
  18. Fonte tirada de The Hollywood Reporter.com.
  19. Rollingstone.com, The Walking Dead News.com.
  20. Fonte tirada de Zap2it.com.


Personagem
Vivo
Personagem
Morto
Personagem
Desaparecido
Personagem
Zumbificado
Personagens da Série de TV
Família Grimes RickCarlJudithLori
Departamento de Polícia de King County LambertShaneLeon
Família Jones MorganDuaneJenny
Acampamento de Atlanta DarylCarolMoralesMirandaElizaLouisGlennAndreaMerleT-DogDaleSophiaJacquiAmyEdJim
Casa de Repouso em Atlanta GuillermoFelipeMiguelAbuelaSr. GilbertJorge
Centro de Controle de Doenças EdwinCandace
Fazenda Greene MaggieBethHershelPatriciaJimmyOtisAnnetteShawnJosephine
Grupo de Dave e Tony NateRandallSeanDaveTony
Grupo de Michonne MichonneAndreMikeTerry
A Prisão AxelOscarAndrew TomasBig Tiny
Woodbury PhilipMartinezShumpertKarenMiltonSr. JacobsonGregJodyOwenErynEricBettySra. McLeodDra. StevensRowanEileenNoahPaulSra. FosterRichardHaleyPennyWarrenMichaelGargulioTimCrowley
Sobreviventes Militares SeanFranklinBradWilsonWelles
Recem-Chegados à Prisão SashaTyreeseBob Lizzie MikaMollyLukeJeanetteJulioHenryChloeNorisCharlie Dr. CalebDavidPatrick RyanZachAllenBenDonna
Família Chambler TaraLillyMeghanDavid
Grupo de Martinez DolgenAlishaRossPete
Família Ford AbrahamEllenBeccaA.J.
Sobreviventes Pós-Prisão EugeneRositaPe. Gabriel
Reivindicadores JoeHarleyDan TonyBillyLouLen
Terminus

GarethMartin TheresaGreg AlbertMikeMary Alex

Hospital Memorial Grady StevenAmandaBelloTanakaFrancoMcGinleyAlvaradoLicariPercyNoahDawnO'DonnellLamsonGormanJoanGavinHanson
Zona Segura de Alexandria AaronEricEnidNatalieBobFrancineTobinBruceKentBarbaraAnnaHeathMikeyOliviaSpencerDeniseDeannaRonJessieSamBetsyNicholasDavidAnnieSturgessBarnesHollyErinShellyCarterPeteRegAiden
Os Lobos OwenAphid
Colônia Hilltop PaulGregoryHarlanFreddieKalEduardoBertieAndyCrystalCraigWesleyEthan
Os Salvadores NeganDwightSimonMarkAmberGavinJaredLauraAratTanyaFrankieSherryWadeCamRoyDavidEmmettIsabelleJosephChrisGeorgeRomanJiroMilesNeilPrimoPaulaMichelleMollyDonnieBudTinaGordon
O Reino EzekielDianneJerryDanielColtonAlvaroHenryKevinShivaRichardBenjamin
Oceanside CyndieRachelNataniaBeatriceKathy
Os Catadores JadisTamielBrionFarronWinslow
Outros Sobreviventes PaulaSamAnaChristopherEastman
Zumbis LouiseDougSummerHannahWayneErinNickTonyBillSr. Joe

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.