FANDOM


Este artigo é sobre o personagem da Série em Quadrinhos. Para informações sobre seus homólogos, e personagens de mesmo nome, você pode procurar por Carl Grimes o personagem da série de TV.
Carl Grimes
Carl Grimes HQ
Nome: Carl Grimes
Idade:8-9 anos (Edição 1)
14-15 anos (Edição 127)
Gênero:Masculino
Ocupação:Estudante de Escola Primária (Pré-Apocalipse)
Biografia
Família:Rick Grimes (Pai)
Lori Grimes (Mãe, falecida)
Judith Grimes (Irmã ou Meia-Irmã, falecida)
Jeffrey Grimes (Tio,supostamente falecido)
Relações Afetivas:Sophia (Ex-Namorada)
Lydia (Namorada)
Visto/a no Volume:Dias Passados – Presente
Primeira Aparição:Edição 1 (Fotografia)
Edição 2
Estado:Vivo

Não preciso mais que me proteja. Eu sou forte, eu cresci, e eu acho que bastante. Ainda não sou um adulto, mas estou perto. Perto o bastante.''
Carl para Rick.

Carl Grimes é um dos personagens principais das história em quadrinhos The Walking Dead. Ele apareceu pela primeira vez na Edição 2 e pode ser considerado o deuteragonista da história. Ele é o filho de Rick e Lori Grimes e o irmão ou meio-irmão de Judith Grimes. Ele foi com Shane, junto com sua mãe, para Atlanta, Geórgia, onde se refugiou em um campo de refugiados, e é um dos últimos sobreviventes originais de Atlanta. Conforme o tempo passa, ele lentamente torna-se endurecido, devido à grave perda de vida de ambos os amigos e família ao seu redor.

Pré-ApocalipseEditar

Carl era o único filho nascido do casamento entre Lori e Rick Grimes, e vivia com eles em Cynthiana, Kentucky. Pouco antes do surto começar, seu pai foi ferido no cumprimento do dever e entrou em coma.

Pós-ApocalipseEditar

Quando o apocalipse zumbi começou, Lori levou Carl para Atlanta, juntamente com o colega de Rick, Shane, onde se instalaram em um acampamento improvisado para sobreviventes.

Dias PassadosEditar

Carl enquanto brincava com sua amiga Sophia, tem uma grande surpresa ao ver seu pai aparecer no acampamento depois de semanas sem vê-lo e correu para encontrá-lo. O sentimento aliviado por ter Rick novamente ao seu lado, Carl passou a ficar com ele durante o máximo de tempo possível e, além disso, apesar de ter apenas sete anos de idade, aprendeu a atirar com uma arma durante as sessões de tiro do grupo. Essas lições provaram ser de grande ajuda quando ele teve que salvar a sua mãe de um andador durante um ataque ao acampamento e ainda mais quando ele foi forçado a atirar no instável Shane para proteger seu pai.

Caminhos TrilhadosEditar

Depois do enterro de Shane, e deixar o acampamento, Carl e seu grupo sofreram algumas perda tentando encontrar um porto seguro, e durante uma busca por suprimentos, pela floresta, Carl acidentalmente sofre um tiro nas costas e foi levado às pressas para a Fazenda Greene, onde recebeu ajuda de um médico veterinário Hershel e lfoi salvo. Devido a este incidente, o grupo obteve permissão para ficar na fazenda até a criança ficar completamente curada, embora a estadia não durou muito tempo, devido a tensão crescente que começou a surgir entre Rick e Hershel, fazendo o último expulsá-los de suas terras com uma arma mais cedo do que o esperado.

Segurança Atrás das GradesEditar

Depois de encontrar uma prisão abandonada, que decidiu tornar-se sua nova casa, Carl como as outras crianças permaneceram sob os cuidados de Chris e Julie enquanto os adultos eliminavam os caminhantes que invadiram o local, e enquanto espera para que tudo esteja pronto, Sophia pede ao garoto que seja seu namorado, mas Carl rejeita a ideia com algum desgosto. Depois de se instalar em uma cela com sua família, Carl rapidamente se adapta ao seu novo ambiente, apesar dos inconvenientes começarem a surgir, embora tenha sido terrivelmente assustado quando seu pai golpeou um dos prisioneiros, Lori o acalmou explicando as razões do porquê isso tinha acontecido.

Desejos CarnaisEditar

Com o passar do tempo Carl começou a aproveitar a vida na prisão, especialmente o grande espaço aberto que poderia jogar, e, enquanto observava os caminhantes que se aglomeravam nas grades, ele que aceitou ser o namorado de Sophia, pega na mão dela e ambos chegaram à conclusão de que as criaturas já não lhes davam mais medo, e sim pena. Após a luta entre Rick e Tyreese, Carl não revela estar preocupado com a condição de seu pai porque ele era um cara durão.

A Melhor DefesaEditar

Carl começou a mostrar interesse em ajudar o grupo e queria se juntar a equipe que iria distrair os caminhantes dos portões para limpá-los, mas ambos Lori e Rick não o autorizaram. Quando seu pai deixou a prisão para investigar um helicóptero que havia caido perto da prisão, Carl tentou acalmar Lori assegurando-lhe dizendo que iria com segurança, como sempre fazia. Ele também foi um grande apoio para ela quando sua amizade com Carol tornara-se tensa, embora essa intriga também significou em ele não poder ver regularmente Sophia.

Vida de AgoniaEditar

Quando seu pai retornou de Woodbury com a mão amputada, Carl ficou muito surpreso ao vê-lo desta forma. Então, quando Rick saiu novamente da prisão para perseguir um traidor chamado Martinez, a criança passa a se perguntar por que seu pai os deixava, mas Tyreese lhe assegurou que ele só faz isso para seu próprio bem.

Momento de CalmariaEditar

Carl ficou encantado com o nascimento de sua irmã, Judith. Depois da morte de Carol, Carl tenta confortar Sophia catatônica, mas todas as suas tentativas foram em vão.

Nascidos Para SofrerEditar

Durante o ataque à prisão conduzida pelo O Governador, Carl permaneceu escondido no porão junto com aqueles que não lutavam e, quando Dale pede para Lori e seus filhos acompanhá-lo em sua fúga, antes que fosse tarde demais, sua família escolheu não sair e, então, ficou para enfrentar o que estava por vir. Mais tarde, Rick explica o que Carl iria fazer no caso das coisas ficaram feias e, finalmente, quando a situação sai do controle, a criança e seus pais tentaram escapar do presídio, mas ao longo do caminho Lori e Judith foram mortas sem qualquer contemplação. Embora Carl tentou olhar para trás para descobrir o que tinha acontecido, Rick disse-lhe para continuar. Depois de chegar a um lugar seguro chorou amargamente as perdas terríveis que havia sofrido.

Aqui PermanecemosEditar

Carl e Rick mantiveram refúgio em uma casa abandonada onde o policial sucumbiu a uma ferida na barriga e isso obrigou Carl cuidar de si mesmo por alguns dias. Depois de matar alguns caminhantes, a criança tinha a impressão de que ele ja podia defender-se sozinho, e culpou seu pai por não ser capaz de proteger seus amigos, mas percebeu que tinha medo do mundo exterior e pede para seu pai que não morra. Em seguida, Rick recupera a consciência, e pai e filho percorrem as ruas por algum tempo até que eles se encontram novamente com Michonne e, em seguida, o resto de seus companheiros que tinham escapado da prisão antes do ataque final do Governador. O grupo vai até tal as ruínas da Fazenda Greene e encontram um grupo de exploradores, Abraham Ford, Rosita Espinosa e Eugene Porter. Que chegaram ao local e os informou sobre a existência de um possível refúgio seguro do governo em Washington, D.C. O Trio convidou o grupo para viajar com eles.

O Que Nos TornamosEditar

Enquanto viajam para Washington, Rick decidiu desviar-se da estrada por alguns dias para encontrar armas em sua cidade natal em Kentucky, e levou com ele Carl e Abraham. Durante esta curta viagem Carl estava prestes a ser estuprado por um grupo de bandidos, mas, felizmente, seu pai conseguiu matar todos eles antes de fazerem alguma coisa. Depois de visitar sua cidade natal e se reecontrar com Morgan Jones, Carl começou a ficar irritado com a maneira pela qual ele comparou-o com o seu filho zombificado Duane, e, finalmente, depois de recuperar armas e escapar de uma vasta horda de zumbis, todos se reagruparam com o resto do grupo e continuaram a viagem.

Sob a Mira dos CaçadoresEditar

Quando Ben assassinou seu irmão gêmeo Billy e se tornou um grande perigo para todos, Carl tomou o assunto em suas próprias mãos e, secretamente, executou a criança, ato que nenhum membro do grupo se atreveu a fazer. Embora ninguém sabia que ele era responsável, este ato logo começou a pesar sobre a consciência do garoto e, finalmente, depois de ouvir o pai falar sobre o remorso que sentia pela forma cruel que havia matado os caçadores canibais, Carl rompeu em lágrimas e confessou que foi ele quem matou Ben.

Cercados Pelos VivosEditar

Carl teve um tempo difícil tentando superar o que ele tinha feito, mas Rick consolou-o dizendo que, por vezes, até mesmo boas pessoas fazem mal para proteger aqueles que amam. Após a viagem a Washington, DC resultar em uma perda de tempo, e ser revelado que nunca teve realmente um abrigo do governo, o grupo teve a sorte de ser recrutados para participar de uma comunidade de sobreviventes chamada de Zona Segura de Alexandria, onde Carl teve problemas em se adaptar com as outras crianças, porque as suas provações no mundo exterior perigoso fez sentir-se estranho e infeliz com a falsa sensação de segurança que o lugar deu-lhes.

Indo Longe DemaisEditar

Carl lentamente se acostumou à vida na Zona de Segurança, e até mesmo começou a freqüentar a comunidade escolar. Quando seu pai voltou a ser policial novamente, Carl estava irritado e começou a agir de forma estranha, chegando ao ponto de fazer uma pergunta difícil a sanidade de Rick depois que ele o encontrou tentando falar com Lori através de um telefone antigo.

Sem SaídaEditar

Depois de Rick assumir o comando da Zona de Segurança de Alexandria, Carl recuperou a arma que havia sido confiscada na chegada. Quando uma vasta horda de caminhantes invadiu completamente a comunidade, Carl tenta fugir com Rick passando pelos mortos-vivos, mas ao mesmo tempo caminhou em direção à saída do aterrorizado Douglas Monroe, que começou a atirar aleatoriamente para as criaturas e uma das balas atingiu o crânio da criança, destruíndo seu olho direito e parte de seu rosto. Rick rapidamente pegou-o nos braços e levou- para o sanatório da Dr. Cloyd, que o pediu para tentar salvá-lo.

Nos EncontramosEditar

Apesar da médica Cloyd conseguir salvar a criança, Carl permaneceu em coma. Quando o menino acordou, ele se da conta de que perdeu a memória e esqueceu todas as coisas trágicas que lhe aconteceram, incluindo a morte de sua mãe, assim que Rick teve que lhe explicar à realidade, Carl não mostrou nenhuma tristeza ou qualquer emoção ao ouvir as notícias terríveis. Embora a médica disse que o novo status de Carl era apenas temporário e Andrea disse que a criança provavelmente estava apenas fingindo ser forte, a fim de obter a aprovação de Rick, o policial fica alarmado com a idéia de que seu filho havia perdido a humanidade, devido a todos os horrores que lhe acontecera.

Um Mundo MaiorEditar

Carl teve um tempo difícil para se acostumar com a perda de seu olho e começou a mostrar uma atitude muito mais negativa, e passa a chamar sua ferida de buraco. As terríveis memórias começaram a reaparecer em sua mente.

Quando o grupo tomou um prisioneiro desconhecido chamado Paul (Jesus) que alegou vir de outra comunidade buscando estabelecer uma rota comercial para a Zona de Segurança, Carl foi quem convenceu Rick considerar a proposta, e, com isso, Andrea, Glenn e Michonne acompanhou Jesus e visitou pela primeira vez a Colônia Hilltop.

Algo a TemerEditar

Tendo feito um acordo para manter protegido Hilltop de grupo de bandidos chamados Salvadores em troca de suprimentos, os moradores da Zona de Segurança falsamente acreditam que garantiu a vitória, mas logo descobriu que a nova ameaça foi muito mais perigosa do que o esperado. O inimigo matou o sargento Ford sem contemplação fazendo Rick, Carl e vários outros retornaram à Hilltop em busca de reforços, mais durante o caminho foram emboscados por o próprio líder dos bandidos, Negan, que brutalmente assassinou Glenn. A morte de Glenn causou um impacto profundo em todos os membros do grupo, incluindo Carl.

O Que Vem a SeguirEditar

Quando Andrea capturado Dwight, Carl pensa que seria melhor matá-lo. Quando Rick soltou o homem, o menino fica com raiva de seu pai e optou por ignorá-lo. Mais tarde, quando Negan chegou na Zona de Segurança de Alexandria, Carl confrontou-o, ameaçando-o e lembrando que também poderia ser perigoso. Mas só foi ignorado, o menino preferia vingar a morte de seus amigos com suas próprias mãos e se escondeu no caminhão de Negan. Chegando ao lugar onde os Salvadores se refugiam, o menino abriu fogo, e pede para Negan e seus homens se entregar, mas foi parado por Dwight que começou a chutar até Negan dizer que aqueles não eram maneiras de tratar convidados. Assim, ele convidou-o a entrar no lugar onde se refugiam, o garoto entrou numa sala onde as mulheres do Negan, começou a xingar o vilão, o menino entra em outra sala e espera ansiosamente para saber o que Negan faria com ele.

Em uma sala Negan força Carl remover o curativo que cobria sua ferida, e fala que ele matou muitos de seus homens; Negan começou a incomodar o garoto pelo ferimento que ele tinha no lugar de seu olho, fazendo com que o menino a chore, então Negan apresenta seu taco de beisebol "Lucille". Depois, Negan e Carl vão até um homem amarrado a uma cadeira, Negan deixou claro como era a "nova ordem mundial" e coloca uma placa quente na metade do rosto do homem, para punilo por ter desobedescido regras, o que levou Carl ficar assustado com a cena horrível. Mais tarde, ele é levado até seu pai por Negan, ileso.

Marcha para a GuerraEditar

Quando os Salvadores vieram para Alexandria, Carl tenta atirar em Negan, porém acerta o taco de beisebol dele, "Lucille", fazendo o bandido ficar irritado. Negan pede para jogarem Carl para fora dos muros se não iria matar Rick, Holly, Nicholas e Heath. Quando tal ato iria ser feito com o garoto, Jesus apareceu e fez os salvadores recuarem com tiroteio.

Guerra Total: Parte UmEditar

Depois que Rick e seu grupo decidiram ir atacar O Santuário, Carl prefere ficar na Zona Segura, e quando Michonne retorna do ataque, ele pergunta por seu pai e a mulher responde que ele não veio por parte do plano, deixando o menino preocupado. Quando Rick retorna, Carl se esconde atrás dos muros quando os salvadores os emboscam na comunidade resultando na morte de Holly. No final, após Alexandria está destruída, Carl segue com seu pai e outros para Hilltop.

Guerra Total: Parte UmEditar

Mais tarde, durante o ataque dos salvadores em Hilltop, Carl ajuda Andrea atirar em vários bandidos, e após vários membros de seu grupo ficarem feridos pelo ataque, ele auxilia os feridos na clínica do Dr. Carson. Quando o pai de seu amigo Mikey, o Nicholas, morre, o garoto consola o colega pedindo para que ele seja forte, e que lembre das coisas boas de seu pai. No final da última batalha, onde Negan foi detido por Rick, Carl exige junto com Andrea que o homem seja morto por todas as coisas que fez,incluindo a morte de Glenn, e quando seu pedido é negado, ele tenta matar o bandido quando ele está preso, porém é descoberto por Rick que evita o assassinato.

Um Novo ComeçoEditar

Dois anos depois desse conflito, Carl fala sobre sua vontade de ser um aprendiz de ferreiro, e revela esse desejo para seu pai, que inicialmente não concorda, mas que no final acaba concordando. Durante uma noite, Carl vai até um lugar e conversa com uma figura estranha, e compartilha suas histórias incluindo a vez que viu os seios de uma menina chamada Anna. É revelado que a figura é Negan, que durante o tempo preso, conversava com o garoto para se manter informado do mundo lá fora. Mais, Carl ainda afirma seu desejo de matar o homem.

Mais tarde, depois de dá alguns de seus pertences para seu amigo Josh, Carl parte para Hilltop com Rick, para conhecer o famoso ferreiro Earl Sutton. Duante o caminho, o garoto e seu pai são atacados por zumbis, mais após esse contra tempo, devido a falta de responsabilidade do guarda Benjamin, Carl e Rick conseguem chegar em Hilltop vivos. Depois de conhecer Earl, Carl fica desepcionado ao descobrir que tinha outro rapaz em seu lugar atuando como aprendiz.

Sussurros e GritosEditar

Quando Sophia foi atacada por garotos valentões, Carl resolveu se vingar batendo neles com uma pá quase a morte. Como forma de punição, Maggie foi forçada a prender Carl sob os pedidos de Morton e Tammy Rose. Na cadeia, Carl conhece uma garota chamada Lydia que havia sido capturada por Paul Monroe. Quando Carl saiu da prisão, após pedir a Maggie sua liberdade, ele faz um passeio com Lydia e fica íntimo dela desenvolvendo um romance. A garota chega a pergunta se ele já tinha feito sexo, onde ele responde que não, para que Lydia responda que sim revelando ter sido estuprada por homens de seu grupo.

Mais tarde, quando a mãe da garota, Alpha, veio buscá-la, Carl tenta impedir que ela a leve, porém é incapaz de impedir e quando a garota vai embora, ele foge atrás dela.

Vida e MorteEditar

Quando ele pára para descansar na floresta, Alpha se aproxima dele, perguntando por que ele a seguia. Carl responde que ele queria ter certeza de que Lydia estava segura, e deixa claro que era a sua decisão de e Hilltop não tem nada a ver com isso. Depois de uma breve conversa, ele está autorizado a viajar com eles para o acampamento. Mais tarde, Rick aparece para buscá-lo, e ele revela sobre os estupros que Lydia sofria. Rick confronta Alpha por permitir que sua filha fosse abusada, e ela diz que não tinha capacidade de fornecer segurança para sua filha, e entrega Lydia para que Rick a cuidasse. Por fim, Carl sai do acampamento dos Sussurradores e durante o caminho, encontra a fronteira feita de lanças com cabeças decapitadas de seus amigos, para separar as terras das comunidades de Rick e de Alpha. Carl é consolado por Lydia por ele ter perdido vários de seus amigos.

Vítimas MortasEditar

Esta lista mostra o número de vítimas que Carl matou:

  • Shane
  • Ben
  • Oscar (Zumbificado)
  • Josh (Zumbificado)
  • Olivia (Zumbificada, junto com seus companheiros sobreviventes)
  • Carson (Zumbificado, junto com seus companheiros sobreviventes)
  • Ken (Zumbificado, junto com seus companheiros sobreviventes)
  • Luke (Zumbificado, junto com seus companheiros sobreviventes)
  • Tammy Rose (Zumbificada, junto com seus companheiros sobreviventes)
  • Vários Salvadores anônimas
  • Vários Zumbis.

ApariçõesEditar

Volume Parte
1 2 3 4 5 6
Volume 1: Dias Passados Yes Yes Yes Yes Yes Yes
Volume 2: Caminhos Trilhados Yes Yes Yes Yes Yes Yes
Volume 3: Segurança Atrás das Grades Yes Yes Yes Yes Yes Yes
Volume 4: Desejos Carnais Yes Yes Yes Yes Yes Yes
Volume 5: A Melhor Defesa Yes Yes Yes Yes Yes Yes
Volume 6: Vida de Agonia Yes Yes Yes Yes Yes Yes
Volume 7: Momentos de Calmaria Yes Yes Yes Yes Yes Yes
Volume 8: Nascidos para Sofrer Yes Yes Yes Yes Yes Yes
Volume 9: Aqui Permanecemos Yes Yes Yes Yes Yes Yes
Volume 10: O que Nos Tornamos Yes Yes Yes Yes Yes Yes
Volume 11: Sob a Mira dos Caçadores Yes Yes Yes Yes Yes Yes
Volume 12: Cercados pelos Vivos Yes Yes Yes Yes Yes Yes
Volume 13: Indo Longe Demais Yes Yes Yes Yes Yes Yes
Volume 14: Sem Saída Yes Yes Yes Yes Yes Yes
Volume 15: Nos Encontramos Yes Yes Yes Yes Yes Yes
Volume 16: Um Mundo Maior Yes Yes Yes Yes Yes Yes
Volume 17: Algo a Temer Yes Yes Yes Yes Yes Yes
Volume 18: O Que Vem a Seguir Yes Yes Yes Yes Yes Yes
Volume 19: Marcha para a Guerra Yes Yes Yes Yes Yes Yes
Volume 20: Guerra Total: Parte 1 Yes Yes Yes Yes Yes Yes
Volume 21: Guerra Total: Parte 2 Yes Yes Yes Yes Yes Yes
Volume 22: Um Novo Começo Yes Yes Yes Yes Yes Yes
Volume 23: Sussurros e Gritos Yes Yes Yes Yes Yes Yes
Volume 24: Vida e Morte Yes Yes Yes Yes Yes Yes

CuriosidadesEditar

  • No início dos quadrinhos, Carl tinha apenas oito anos, mas na Edição 82 o garoto alega ter, pelo menos, 9 anos, isso indica que eles já passaram pelo menos um anos desde que o apocalipse começou. Além disso, após mais dois anos, entre a Edição 126 e 127, o garoto parecia ter 11 ou 12 anos. Depois da Edição 137 Carl atualmente tem 14 anos, constatando assim, que já se passaram 6 anos de apocalipse zumbi.
  • Carl, junto com Clementine,Lydia e Ben, são as únicas crianças que mataram alguém.
    • No entanto, Carl e Lydia são os únicos que já mataram mais de uma pessoa.
  • Carl recebeu um total de dois tiros fatais como o seu pai. Um nas costas e outro na cabeça.
  • Negan referia a ele como "o futuro assassino em série".
  • De acordo com Robert Kirkman, ele vai assumir a liderança do grupo após a morte de seu pai em algum momento da história.
Personagens dos Quadrinhos
Os personagens vivos aparecem em amarelo, os mortos na cor branca itálica, zumbificados aparecem em carmim também em itálico, enquanto os de paradeiro desconhecido na cor cinza
Família Grimes RickCarlLoriJudithJeffrey
Família Jones MorganDuane
Acampamento de Atlanta AndreaSophiaGlennShaneDaleCarolAmyAllenDonnaBenBillyJim
Grupo de Tyreese TyreeseJulieChris
Fazenda Greene MaggieHershelBillyArnoldLaceyShawnSusieRachelPatriciaOtis
A Prisão AxelAndrewDexterThomas
Grupo de Michonne MichonneMikeTerry
Woodbury LillyBrianBobGloriaMartinezHapMarianneWesPennyAliceGusScottSmittyRaymondJamesBruceSamDr. StevensEugeneHaroldGabeRudy
Sobreviventes Pós-Prisão EugeneGabrielRositaAbraham
Os Caçadores ChrisTheresaAlbertGregDavidCharlie
Zona Segura de Alexandria AaronHeathPaulaMikeyAnnieAnnaDariusSiddiqVincentJuliaBarbaraDouglasReginaSpencerPeterJessieRonErinNicholasDeniseHollyOliviaJoshTobinBruceScottEricDavidson
Washington, D.C. Derek
Colônia Hilltop PaulEarlHarlanBriannaAlexHershel Jr.MarcoRollandBrianLarryEduardoSamuelDanteWesleyMortonGregoryOscarLouieKenTammyDougDougEthan
Salvadores DwightNeganMarkSherryLauraJohnTaraSethAmberCarsonDonnieMikeDavisGaryDavidConnor
O Reino WilliamGusBenjaminZacharyEzekielMarcusRichard
Richmond MagnaYumikoKellyConnieBernieBernie
Os Sussurradores BetaLydiaAlphaJoshua
Oceanside Pete
Ohio Stephanie

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.